ColunistaFórmula 1Post

Reportagem – Volante, ajustes, as pequenas coisas que Vettel fez para mudar a Aston Martin

Vettel solicitou mudanças no volante e no software, além de introduzir novos relatórios na Aston Martin para alavancar o time

Sebastian Vettel é uma figura muito importante para a Aston Martin, cada vez mais o alemão mostra o seu valor para o time, fazendo valer a sua contratação.

Passado o início da temporada, Otmar Szafnauer, chefe de equipe da Aston Martin já tinha falado sobre os novos relatórios que Sebastian Vettel tinha implementado na equipe. Um método que acabou mudando a forma de como o time analisava o seu fim de semana e que foi aderido pelo time.

Quando Vettel não teve o seu contrato renovado com a Ferrari, a Aston Martin logo contratou o piloto alemão. Neste ano, mesmo com o time apresentando uma queda, eles conquistaram um pódio no GP do Azerbaijão e o alemão estava pronto para obter outro pódio na Hungria – se não fosse a desclassificação.

O tetracampeão mundial chegou com o objetivo de levar recursos para o time e ajudar a equipe na construção e preparação para obter um título. O site GPFans Global conversou com Szafnauer para ter mais detalhes sobre estas mudanças possibilitadas por Vettel: “Pequenos detalhes, pequenas coisas em todos os lugares, então você pode citar milhares de coisas.”

Vettel solicitou uma mudança no volante da Aston Martin – Foto: reprodução Aston Martin

“O volante que temos é da mesma forma há muitos, muitos anos, ele chega e disse: ‘Seria um pouco melhor se este botão estivesse aqui, minhas mãos são menores ergonomicamente’. Esse é um exemplo.”

Em grande parte da sua carreira, Vettel esteve usando volantes que eram compactos, ou que o seu formato era para que suas pernas tivessem espaço, mas antes de tudo para minimizar o peso. Na Ferrari o piloto já tinha vivenciado uma mudança.

Como aponta Gianluca D’Alessando, jornalista do Motori Online, na temporada passada a Racing Point tinha um dos maiores volantes do grid, muito rústico se comparado aos outros. Com a atenção aos detalhes, Vettel implementou mudanças para melhorar o volante da Aston Martin.

Além disso o piloto alemão também ajudou nos ajustes e melhorou a distribuição dos botões para fornecer mais usabilidade durante uma corrida. Pode parecer algo bobo, mas melhorar o conforto do piloto é algo que acaba refletindo em resultados.

LEIA MAIS: Sebastian Vettel mudou a forma como a Aston Martin está trabalhando

Por ter passado por outras equipes Vettel acabou acumulando muita bagagem, algo que a Aston Martin está conseguindo aproveitar, afinal o piloto se conhece e sabe do que gosta, mas também chegou com a intensão de colher frutos neste time.

“Geralmente, não temos a tendência de mudar muito o volante de uma temporada para a outra, a menos que haja grandes variações na unidade de potência ou nos regulamentos. No entanto, este ano recebemos algumas sugestões novas e um conjunto de requisitos de Sebastian. Isso, combinado com as novas restrições de homologação impostas pela FIA, nos levou a projetar e produzir dois volantes completamente novos para Lance [Stroll] e Sebastian. No ano passado, os dois pilotos usaram o mesmo design com diferenças mínimas. Este ano, porém, os dois volantes também são fisicamente diferentes. As dimensões das mãos dos pilotos são diferentes, assim como a sua posição no carro, pelo que a disposição dos botões é feita à medida. Então, para esta temporada, também temos dois moldes de carbono diferentes, portanto, os custos também aumentaram”, explicou Charlie Blackwell, engenheiro sênior de sistemas da Aston Martin.

Vettel também pediu mudanças no software utilizado no volante, o alemão gosta de ter um conjunto de informações para ter parâmetros sempre disponíveis quando ele necessita.

Outras mudanças

Na busca por ter uma condução melhor, Szafnauer disse: “Dirigibilidade. ‘De onde eu vim, quando eu pressionava o pedal certo, costumava fazer isso. Vocês deveriam trabalhar para fazer isso. É melhor. É mais rápido’, outro exemplo.”

“O que mais? Feedback detalhado. Montes e montes de pequenas coisas que contribuem para que todos nós trabalhemos um pouco melhor e uma maneira um pouco mais inteligentes.”

Vettel pode ter apresentado dificuldades por conta do seu estilo de direção, mas quando encontra um carro com os ajustes necessários, o tetracampeão consegue entregar resultados e apresentar o melhor trabalho.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados