ColunistaFórmula 1Post

Mesmo sem as atualizações de Stroll, Vettel encontra ritmo para avançar ao Q3

Sebastian Vettel avançou para o Q3 e conquistou a décima posição com a Aston Martin, o alemão encontrou um bom ritmo mesmo sem um carro atualizado

Neste sábado Sebastian Vettel conseguiu levar a Aston Martin para o Q3, desta forma o alemão vai largar da décima posição. O piloto vem sendo muito questionado, disse estar ‘’um pouco mais feliz’’ após obter este resultado. Ele faz parte do grupo de pilotos que está defendendo uma nova equipe neste ano e tem lutado muito com as configurações do AMR21, a traseira solta que sempre foi uma questão segue como uma pedra no seu caminho.

“Hoje foi melhor para nós, então obviamente estou um pouco mais feliz do que nas duas primeiras sessões,” disse Vettel. “Foi bom ficar no carro por uma hora e não apenas por alguns minutos, então gostei dessa parte. Na última volta perdi um pouco de desempenho, o vento mudou de novo e foi um pouco mais complicado do que imaginava.”

LEIA MAIS: Valtteri Bottas conquista a pole, após bater tempos de Lewis Hamilton e Max Verstappen

Lance Stroll, companheiro de equipe de Sebastian Vettel e vem se saindo melhor com o carro da Aston Martin, não conseguiu obter a mesma performance que o alemão e amanhã começa a corrida de p17. Por conta das rajadas de vento, o canadense não conseguiu encaixar uma boa volta.

“As condições eram complicadas – apesar do sol – e as rajadas de vento eram bastante imprevisíveis e faziam com que o carro parecesse bastante leve. Minha última volta no Q3 não foi a melhor. A direção do vento mudou novamente, e eu perdi algum tempo, o que é caro quando o meio do grid é tão apertado”, disse Vettel.

Sebastian Vettel – Foto: Aston Martin reprodução

Vettel informou que está se sentindo mais confortável com o carro, a sua atuação está começando a se tornar automática, desta forma ele fica mais livre para se concentrar na sua forma de guiar. O alemão ainda está aprendendo mais sobre o carro, para entregar o melhor rendimento.

No campeonato de pilotos, Sebastian Vettel ainda não conta com pontos e sabe que a corrida será desafiadora pois o meio do pelotão está realmente muito disputado na temporada 2021.

Atualizações no AMR21

Outra questão do dia foi sobre o pacote de atualizações que foi entregue apenas para o carro de Lance Stroll e mesmo assim, o canadense não conseguiu ficar perto do companheiro de equipe.

“Acho que as atualizações provavelmente não fizeram uma grande diferença, em primeiro lugar. Em segundo lugar, não sei o que aconteceu, mas é uma pena, obviamente, estarmos muito distantes, acho que é sempre melhor estarmos mais próximos um do outro”, informou Vettel.

“Ainda temos que trabalhar naquele resultado ideal para conseguir os dois carros no Q3. Mas pelo menos do meu lado foi um pouco melhor.”

O sobe e desce de Portugal dificulta encontrar a melhor configuração para o carro. Além disso, por ser uma pista muito atípica nem sempre as atualizações entregues vão surtir efeito na condução dos dois pilotos, desta forma é possível que Vettel tirou mais proveito do carro durante a classificação, por justamente o seu modelo não estar equipado com elas.

LEIA MAIS: Preview do GP de Portugal – Características de Portimão

No ano passado quando a Aston Martin ainda era Racing Point, a equipe também precisou realizar algumas escolhas, dando atualizações apenas no carro de Stroll, enquanto Sergio Pérez que tinha uma máquina que não estava equipada com as mesmas peças, conseguia tirar mais proveito com o carro.

Nem sempre a equipe atualiza os dois carros justamente para ter um parâmetro e ver no que é possível melhorar ou a onde o carro começou a perder. Eles também pensam na forma de condução dos dois pilotos.

A próxima corrida é na Espanha, um circuito muito diferente de Portimão, o que pode ser um motivo para a equipe não atualizar os dois carros.

Confira o vídeo sobre os problemas da Aston Martin para saber mais

LEIA MAIS: Os limites de pista que comprometem voltas rápidas no circuito de Portimão
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados