ColunistaFórmula 1Post

Falha mecânica causou a batida de Daniil Kvyat na Inglaterra

A Pirelli descartou a possibilidade de ser um furo no pneu, na verdade o aro da roda que superaquecer

A Pirelli terminou a investigação sobre o acidente de Daniil Kvyat no GP da Inglaterra e a fornecedora de pneus detectou que o motivo do estouro foi por conta do aro da roda da AlphaTauri que superaqueceu.

Kvyat abandonou a corrida na décima segunda volta, na curva Maggotts, ela é de alta velocidade e com os carros novos é possível ver mais potência ainda. Acreditava-se que o pneu traseiro direito havia furado e esvaziado, mas ao retornar ao laboratório em Milão, o resultado apontou outra causa.

“Juntamente com a AlphaTauri, a Pirelli concluiu uma investigação sobre a causa exata do incidente que resultou na batida de Daniil Kvyat no muro durante o Grande Prêmio da Inglaterra na volta 12”, disse um comunicado.

“Um problema mecânico levou ao superaquecimento do aro da roda traseira, que, por sua vez, queimou a superfície do pneu (a parte do pneu que liga a borracha à roda). Como resultado, o cordão não conseguiu mais vedar o pneu no aro. Foi isso que causou a ação subsequente, com o próprio pneu não sendo a causa do acidente.”

Confira: Raio-X do GP da Inglaterra

As falhas nos pneus de Lewis Hamilton, Valtteri Bottas e Carlos Sainz, tiveram um motivo diferente, onde a Pirelli verificou que foi o uso extremo dos compostos. A fornecedora de pneu manteve a escolha de pneus mais macios para a etapa em Silverstone, mas aumentou a pressão deles.

Etiquetas
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Fechar