Post

GP da Hungria é a terceira etapa da temporada 2020, confira a utilização dos pneus

Como a Pirelli permaneceu com a mesma configuração do ano passado, entenda as opções para a corrida

Foto: Mercedes / Daimler

A Fórmula 1 vai enfrentar a terceira etapa do calendário neste final de semana. A Pirelli optou pela utilização dos mesmos compostos do GP da Áustria na etapa húngara, além disso é a mesma configuração que rendeu uma boa disputa entre Lewis Hamilton e Max Verstappen na temporada passada.

Hamilton e Verstappen começaram com estratégias parecidas, ambos utilizaram os pneus médios, mas o momento de parada dos dois foi crucial, o inglês parou seis voltas após o holandês. Foi instalado em seus carros os compostos duros após a primeiro pit-stop, Hamilton não realizou a ultrapassagem desejada e por fim voltou aos pneus médios para o final da corrida. Neste momento da prova o piloto da Mercedes passou a reduzir a diferença até obter a primeira posição. Restou a Verstappen colocar os pneus macios para tentar obter a volta mais rápida da prova.

Sebastian Vettel terminou a corrida na terceira posição, o alemão estendeu a utilização com os pneus médios até a volta 39 e fechou a prova com os compostos duros. Entre os dez primeiros, apenas Sainz, Raikkonen e Norris utilizaram os pneus macios para a largada.

Foto: Reprodução Pirelli
Dados da Pirelli

C2 Duro – Foi a opção de diversos pilotos para encerrar a prova. Sebastian Vettel foi o único entre os seis primeiros colocados que não fez a utilização do composto. Antonio Giovinazzi permaneceu 53 voltas com o pneu de faixa branca.

C3 Médio – Utilizado preferencialmente durante a largada, mas Lando Norris da McLaren (9º) e Daniel Ricciardo (14º) da Renault não utilizaram o composto na prova. Kimi Raikkonen deu 40 voltas com os médios

C4 Macio – Os pilotos que largaram com ele, realizaram as paradas próximo daqueles que optaram por largar com os médios. Boa performance para o início da prova, mas Sebastian Vettel surpreendeu com a escolha para as últimas voltas. Nico Hulkenberg que estava no grid do ano passado, percorreu 33 voltas com os pneus macios.

Foto: Pirelli 2020
Agenda para o GP da Hungria

Etiquetas
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Fechar