ColunistaFórmula 1Post

Ex-chefe da Ferrari, Domenicali será o novo CEO da Fórmula 1

Chase Carey vai permanecer na categoria como presidente não-executivo, as mudanças vão ocorrer para a temporada de 2021

Em janeiro de 2021, Stefano Domenicali se tornará o CEO da Fórmula 1, com Chase Carey, atual presidente e CEO, assumindo a função de presidente não-executivo no próximo ano.

Domenicali que hoje tem 55 anos é um nome forte na Fórmula 1, o italiano esteve na Scuderia Ferrari como chefe de equipe entre 2008 até 2014, mas a sua história com o time italiano é de longa data, pois desde 1991 ele esteve trabalhando com a equipe.

“Estou emocionado por ingressar na organização da Fórmula 1, um esporte que sempre fez parte da minha vida”, disse Domenicali. “Nasci em Imola e moro em Monza. Permaneci conectado ao esporte através do meu trabalho com a Comissão de Monopostos da FIA e estou ansioso para me conectar com as equipes, promotores, patrocinadores e muitos parceiros na Fórmula 1 enquanto continuamos a impulsionar os negócios.

“Os últimos seis anos na Audi e depois na liderança da Lamborghini me deram uma perspectiva mais ampla e experiência que vou trazer para a Fórmula 1.”

Greg Maffei, presidente e CEO da Liberty Media, falou sobre a chegada de Domenicali e prestou uma homenagem aos trabalhos executados por Carey: “Chase fez um trabalho fenomenal liderando a F1. Ele montou uma organização comercial e esportiva de primeira classe que tem uma longa lista de conquistas, incluindo ampliar o apelo do esporte, aumentar sua presença digital, estabelecer novos regulamentos técnicos, garantir um limite orçamentário pela primeira vez e alcançar um novo acordo com o Pacto de Concórdia.”

“Suas ações reforçaram a F1 como o auge do automobilismo. Como sempre, ele tem sido um grande parceiro e aguardo com expectativa a continuação de seu conselho em sua nova função como presidente não-executivo.”

“Estamos entusiasmados em receber Stefano Domenicali como presidente e CEO da Fórmula 1. Stefano traz uma rica história de sucesso na Ferrari e na indústria automotiva mais ampla na Audi e Lamborghini.”

Confira: Os dez times da Fórmula 1, concordaram em assinar o Pacto de Concórdia
(Photo by Clive Mason/Getty Images)

Chase Carey marcou a transição da Fórmula 1 e estabeleceu um novo direcionamento para a categoria, teve um papel muito importante nos últimos anos. Enfrentar a temporada de 2020 não foi fácil para a categoria e os times.

“Estou confiante de que construímos uma base sólida para o crescimento da empresa a longo prazo. Tem sido uma aventura e tenho gostado de trabalhar com as equipes, a FIA e todos os nossos parceiros. Estou ansioso para me manter envolvido e apoiar Stefano enquanto ele assume o comando.”

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados