AutomobilismoColunistaDestaquesFórmula EPost

EPrix de Berlim: Lucas di Grassi vence a corrida de sábado com ultrapassagem estratégica na dupla da Techeetah

O brasileiro da Audi usou o Modo Ataque e a ajuda do companheiro de equipe para para garantir a vitória na primeira corrida de Berlim

Lucas di Grassi venceu a primeira corrida da rodada dupla em Berlim e agora está mais vivo na disputa pelo título de campeão. A ultrapassagem da corrida veio em uma ultrapassagem conjunta com seu companheiro de equipe em cima da dupla da Techeetah.

Edoardo Mortara também fez uma ótima corrida e colocou a Venturi na 2ª posição. Mitch Evans fechou o pódio em 3º. O piloto foi a única Jaguar a terminar a prova, já que Sam Bird abandonou a prova com problemas no carro. 

O britânico caiu de 3º para 8º no campeonato. Frijns também não pontuou e é o 5º. Nyck de Vries também saiu sem pontos, mas ainda é o líder da tabela. 

SAIBA COMO FOI A CORRIDA

O pelotão da frente fez uma largada limpa. Wehrlein perdeu uma posição para Dennis, mas sem toques. Entre as disputas na parte de trás do grid, Bird quase rodou a ser tocado por Lotterer e Tom Blomqvist teve que voltar aos boxes. Sette Câmara caiu para 20º.

Andre Lotterer foi o primeiro a ativar o Modo Ataque volta seis. Dessa vez, os pilotos precisavam fazer uma única ativação de oito minutos. 

Max Guenther ultrapassou Nick Cassidy e Sam Bird aproveitou a brecha para também ganhar a posição do piloto da Virgin que caiu para 13º. 

A dupla da Nissan ativou o Modo Ataque em conjunto, na volta da zona de ativação, Rowland teve que disputar posição com Wehrlein. O piloto da Posrche saiu com um pneu furado e teve que ir para os boxes. 

O carro de Sam Bird teve problemas e parou na saída da curva 10, início da reta principal. O abandono do piloto da Jaguar causou um Safety Car que reduzir quatro kW de potência de cada bateria.

Com a bandeira verde acionada, os dois líderes mantiveram suas posições. Di Grassi não fez uma boa relargada e foi atacado por Mortara, mas conseguiu se defender e se manter em 3º.

Rene Rast, companheiro de equipe de di Grassi, fez grande uso do Modo Ataque. Um bela dupla ultrapassagem em Lotterer e Guenther com direito a toque do piloto da BMW. Em poucas voltas, Rast pulou de 12º para 4º, além de fazer a volta mais rápida da corrida até aquele momento.

Na frente, Antonio Félix da Costa ultrapassou o companheiro de equipe em um deslize de Vergne. Enquanto Rene Rast continuava sua escalada ultrapassando Edoardo Mortara. 

A dupla da Audi partiu para o ataque em cima de Vergne se aproveitando da perda de rendimento da Techeetah e logo depois os dois passaram por da Costa e assumiram a liderança da sessão, com di Grassi em 1º e Rast em 2º. 

Os vencedores do Fanboost foram da Costa, Evans, de Vries, Lynn e Sims. Vandoorne ficou de fora pela primeira vez desde que estreou na categoria. 

Um toque entre Lynn e de Vries fez com o que o piloto da Mercedes fosse ao box para reparos no carro. A equipe conseguiu resolver o problema rapidamente e o holandês voltou à pista logo em seguida. 

As trocas de posições na segunda metade da prova foram intensas. Os dois carros Venturi chegaram à liderança após as ativações do Modo Ataque. Faltando 13 minutos para o fim da prova, os 10 primeiros eram Mortara, Nato, di Grassi, Evans, Dennis, da Costa, Vergne, Guenther, Rast e Lotterer. 

Lucas di Grassi aproveitou seus últimos minutos de Modo Ataque para ultrapassar os dois carros da Venturi e chegar à primeira posição, o brasileiro rapidamente abriu 1.3 para Mortara. Evans conquistou a 3ª posição de Nato após várias curvas pressionando o piloto da Venturi.

Alex Lynn recebeu um drive through por uso indevido do Fanboost. 

Vergne tentou ultrapassar Jake Dennis na penúltima volta, os dois deram um leve toque, mas Dennis manteve sua 5ª posição. 

Lucas di Grassi conquistou sua 12ª vitória na Fórmula E cruzando a linha de chegada com 0,8% de energia. Mortara foi o 2º com 0.141 atrás do brasileiro. Evans fechou o pódio na 3ª posição. 

Rene Rast completou a festa da Audi fazendo a volta mais rápida da corrida: 1:08:908. Sette Câmara terminou a prova no 18º lugar. 

Mostrar mais

Cinthia Venâncio

Cearense que acompanha Fórmula 1 desde que se entende por gente. Faz aniversário no mesmo dia do Damon Hill.

Deixe uma resposta

Artigos relacionados