ColunistaFórmula 1Post

Alfa Romeo e Haas enfrentam problemas de confiabilidade no início da pré-temporada

Com mais tempo de atividade nos boxes e pouca ação na pista, o início da pré-temporada da Alfa Romeo e Haas é marcado por problemas

Novos carros, mais tempo no túnel de vento, mudanças estruturais. O novo regulamento é a oportunidade perfeita para os times menores desgrudarem do final do pelotão, mas ainda é cedo dizer se isso vai acontecer.

A Alfa Romeo e a Haas não tiveram um início muito agradável nesta pré-temporada, os dois times passaram parte do primeiro dia nos boxes tentando resolver problemas. A Haas lidou enfrentou um problema no sistema de refrigeração, algo que limitou Nikita Mazepin a completar 20 voltas pela manhã e enquanto Schumacher não foi muito além e obteve 23 giros. No memento que o alemão assumiu o carro, enfrentou uma questão com o assoalho. 

O piloto reserva da Alfa Romeo, Robert Kubica assumiu o volante da Alfa Romeo pela manhã, nove voltas foram completadas. Valtteri Bottas que está de casa nova em 2022, também completou poucos giros com o C42, foram apenas 23.

LEIA MAIS: Norris lidera primeiro dia de testes em Barcelona, mas avaliação vai além

A Alfa Romeo usou o shakedown para fazer algumas na semana passada, Bottas guiou o carro da equipe em Fiorano, onde o time fez as primeiras avaliações dos componentes. O dia de filmagens proporciona avaliações limitadas, onde os pilotos têm apenas 100 km disponíveis, e trabalham com pneus de demonstração.

São apenas seis dias de testes nesta pré-temporada onde os times têm muita coisa para avaliar. Em Barcelona os times vão realizar três dias de testes, depois voltam à pista entre os dias 10 e 12 de março para novas avaliações do carro. O tempo é bom, mas quando se perde um dia, os times acabam com o cronograma de verificações afetado. A Alfa Romeo não está preocupada com o que aconteceu hoje, e ainda que a pré-temporada seja o melhor momento para problemas surgirem, todo o tempo perdido impacta no desenvolvimento do carro.

“Gostei do meu tempo com o carro, apesar de termos alguns problemas que acabaram se tornando caros e o tempo foi perdido. O importante, no entanto, é conseguir entendê-lo e saber corrigir. Podemos ter ficado sem tempo hoje, mas ainda temos alguns dias pelas frente e sabemos como vamos progredir”, disse Bottas, que até o ano passado esteve correndo com a Mercedes.

Em primeiro dia de testes carros da Alfa Romeo e da Haas passam mais tempo nos boxes – Foto: reprodução

“Agora espero que possamos ter dois bons dias pela frente para recuperar o tempo perdido e completar o nosso programa para os testes”, completou Bottas.

Avaliar a durabilidade das peças, motor e o trabalho aerodinâmico é muito importante para as equipes. Neste primeiro dia de atividades vimos que cada equipe interpretou o regulamento de uma forma, imprimindo a sua filosofia nos nascimentos dos carros. Os times precisam adquirir quilometragem para que possam avaliar todos os trabalhos que foram realizados para a criação do carro, principalmente o que já foi testado no túnel de vento.

“Bem, é positivo estar de volta e finalmente ver o VF-22 ganhar vida. Toda a equipe trabalhou incrivelmente duro na construção do carro para nos levar a este ponto. Infelizmente, tem sido um daqueles dias em que alguns pequenos problemas acabam custando um tempo considerável nos boxes. Então, não há necessariamente muito o que tirar de hoje, a não ser que alguns de nossos problemas estejam resolvidos. Se tudo correr bem amanhã, teremos maior confiabilidade e podemos executar um plano mais completo para Mick (Schumacher) e Nikita (Mazepin)”, disse Guenther Steiner, chefe de equipe da Haas.

Se conseguirem aproveitar os próximos dias, as coisas começam a progredir e o início da temporada destes times será melhor. Muitas pessoas que estão acompanhando a pré-temporada na pista, gostou do que viu no projeto da Haas. Comentários sofre a Alfa Romeo foram poupados, pois o time está com uma pintura que camufla as suas áreas.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados