DestaquesW Series

W Series realiza rodada tripla em Monza, Beitske Visser é a melhor da primeira disputa #WSeriesEsportsLeague

A W Series disputou nesta quinta-feira (11) as três primeiras provas do campeonato virtual, realizada no Autódromo Nacional de Monza, na Itália.

A pilota holandesa, Beitske Visser, vice-campeã da temporada de 2019, venceu a primeira e a terceira prova do W Series Esports League. Na segunda corrida, onde as pilotas foram para um grid invertido, Visser que havia iniciado da vigésima posição, terminou a prova em nono.

As quinze primeiras são as pilotas que pontuam e aquela com a melhor volta, ganha um ponto extra. O esquema de pontuação é o mesmo para as três provas: 20-17-15-13-11-10-9-8-7-6-5-4-3-2-1.

A segunda colocada na tabela de pontos é Irina Sidorkova, conta com 46 pontos, contra os 49 de Visser. Gosia Rdest é a terceira coloca com 36 pontos, a diferença para Nerea Marti é de apenas um ponto. Em sua estreia Bruna Tomaselli obteve 4 pontos. 

Primeira Corrida

A pilota Caitlin Wood bateu o tempo obtido por Beitske Visser, desta forma obteve a ponta e deixou a holandesa na segunda posição. Na largada alguns incidentes aconteceram, mas o prova seguiu e passou a ser bem disputada. Wood perder a dianteira quando restavam nove minutos para a primeira prova terminar, logo depois ela Visser e Sidorkova passaram a disputar a ponta.

Infelizmente Wood perdeu espaço e terminou a prova na sexta posição. Jamie Chadwick, campeã da primeira temporada da W Series fechou na nona posição. Visser cruzou a linha de chegada em primeiro, acompanhada por Sidorkova e Nerea Martí. 

 

Segunda Corrida

A corrida dois foi disputada logo após a primeira, utilizando o grid invertido. O começo foi bem caótico, com diversas batidas Emma Kimiläinen teve sorte, pois se manteve na liderança, fugindo dos problemas que ocorreram no grid atrás dela. Fabianne Wohlwend largou da segunda posição com a brasileira Bruna Tomaselli em terceiro. Tomaselli acabou perdendo espaço e caiu algumas posições.

Ao final da prova Kimiläinen cruzou a linha de chegada na primeira posição com Wohlwend em segundo, não perdendo contato com a primeira colocada. Gosia Rdest foi a terceira colocada.

 

Terceira Corrida

A terceira prova ocorreu após uma classificação de dez minutos, logo depois as pilotas realizaram uma prova de vinte minutos. Wood mostrou que tem uma boa performance durante a classificação e obteve a pole para a prova final. Visser foi superada mais uma vez e largou da segunda posição, acompanhada por Ayla Agren e Nerea Martín na segunda fileira.

Wood perdeu a primeira posição e Martí assumiu a dianteira com Visser em segundo e dispararam na liderança. Restando cerca de 13 minutos para o final, Visser assumiu a liderança após uma ultrapassagem e disparou, fechando a prova com uma vantagem de mais de 5 segundos para Martí na segunda colocação. O pódio contou com Irina Sidorkova.

Após o término da prova, Beitske Visser, a melhor da primeira rodada disse: “Na primeira corrida, comecei bem, assumi a liderança e abri vantagem. A segunda corrida foi mais caótica. Eu tive que alinhar na última posição do grid e não tive um começo muito bom. Sofri danos, então não fui muito rápida, mas consegui alguns pontos. Na última corrida, Caitlin [Wood] conquistou a pole novamente, então preciso trabalhar nisso. Nós tivemos um começo difícil até a quinta curva, mas felizmente sobrevivemos. Nas primeiras voltas, Nerea [Martí] foi muito rápida, mas então eu pude alcançá-la, ultrapassá-la e me afastar. O objetivo é manter essa performance em Austin.”

Confira a tabela de pontos:

 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados