ColunistaFórmula 1Post

Stroll e Raikkonen são punidos; Alonso entra na zona de pontuação

Após o encerramento do GP da Emilia-Romagna, Stroll e Raikkonen foram punidos, o piloto da Alfa Romeo deixou a zona de pontuação

Após o encerramento do GP da Emilia-Romagna neste domingo (18) Lance Stroll e Kimi Raikkonen foram punidos e a ordem dos dez primeiros foi alterada.

O canadense perdeu a sétima posição para Pierre Gasly, após ser punido com cinco segundos. Os comissários identificaram que Stroll realizou uma ultrapassagem ilegal no piloto da AlphaTauri – conquistou a posição por fora da Tamburello .

Lance Stroll, Aston Martin AMR21 – Foto: reprodução Aston Martin

No relatório dos comissários: “Tendo analisado os vídeos de vários ângulos e ouvido os pilotos, os comissários concluem que o carro 18 (Stroll) não foi capaz de completar sua ultrapassagem sobre o carro 10 (Gasly) entre as curvas dois e três, sem sair da pista, cortando completamente a curva três e retornando a pista na frente do carro 10. Ele então não devolveu a posição”.

“Ao ouvir os pilotos, os Comissários aceitaram que o carro 18 estava à frente do carro 10 no ponto em que ele saiu da pista, mas que estava nessa posição por causa de uma manobra que não foi capaz de completar na pista devido às condições de chuva”.

A punição de Raikkonen

Um fim de semana de altos e baixos para a Alfa Romeo, Kimi Raikkonen que havia terminado na nona posição, foi punido com 30 segundos e saiu da zona de pontuação. Durante a relargada o piloto que estava na oitava posição acabou rodando e caiu para o décimo lugar. O reinício da prova se deu após uma bandeira vermelha, a direção de prova optou por uma relargada lançada, mas o Safety Car acompanhou o pelotão na saída do pit lane.

Com o SC em pista por conta da relargada, Raikkonen deveria ter retomado a sua posição de origem, mas não o fez – uma dúvida acabou surgindo. Sem a possibilidade de começar a corrida pela posição de origem, Raikkonen deveria ter retornado para o pit lane. Desta forma os comissários optaram por uma punição de 30 segundos, fazendo o finlandês cair para P13.

Kimi Raikkonen – Foto: Alfa Romeo Media 

“Na volta antes da relargada após a suspensão da corrida, Raikkonen rodou na Curva 3. O piloto pode retomar sua posição, desde que faça antes da primeira linha do Safety Car (SC1). No início, a equipe o instruiu a retomá-la, mas depois disse a ele para ele se manter naquela posição”, informaram os comissários.

“Se um piloto não consegue retomar a sua posição, ele deve entrar no pit lane e só pode voltar à corrida depois que todo o grid tiver passado pela saída do pit.”

Apoiado nas imagens geradas pelas câmeras, os comissários notaram que Raikkonen havia se aproximado dos carros entre as curvas 13 e 14, mas o SC já tinha apagado as luzes. Entenderam que Raikkonen demorou muito para retomar a sua posição.

“Esta parece ser uma instrução contraditória e a equipe instruiu o piloto a não retomar sua posição, temendo que isso pudesse criar um problema de segurança em condições de chuva. Eles falaram pelo rádio com o diretor de prova, mas não houve tempo para uma resposta entre o comunicado e o reinício”, continuaram os comissários.

Encararam tudo como uma grande contradição. Durante a prova, na entrada do Safety Car que se deu após a primeira volta da prova, Sergio Pérez acabou rodando, perdeu algumas posições, ele acabou retomando-as – a regra diz que durante um período de SC não é possível realizar ultrapassagens – o mexicano recebeu um Stop/Go pela atitude.

LEIA MAIS: Em dia de glória, Verstappen vence GP da Emilia-Romagna e acirra disputa com Hamilton

No caso de Raikkonen com o SC acompanhando o pelotão para uma relargada, ele deveria realizar as ultrapassagens mesmo com condições em que a pista não está adequada para ultrapassagens (por conta da chuva).

Mas os comissários se apoiaram em: “No entanto, a regra que exige que um carro entre no pit lane se não conseguir recuperar sua posição é presente entre vários campeonatos, está nos Regulamentos Esportivos da FIA há vários anos e tem sido aplicada de forma consistente”, acrescentaram.”

A penalidade foi aplicada como algo obrigatório. Se ele fosse punido durante a prova, teria recebido um stop-10 de 10 segundos, mas como foi aplicada pós corrida, se reverteu em uma penalidade de 30 segundos, tirando o piloto da zona de pontuação.

Com o resultado da punições, Pierre Gasly fica com o sétimo lugar, enquanto Lance Stroll é o oitavo colocado. Esteban Ocon assume a nona posição, seguido por Fernando Alonso, os dois pilotos da Alpine na zona de pontuação.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados