ColunistaPostStock Car

Ricardo Maurício supera Salas e vence a 10ª da Stock Car em Goiânia

O piloto da Eurofarma largou da 5ª posição, mas por estar munido de uma boa estratégia, cruzou a linha de chegada no primeiro lugar

Grande corrida em Goiânia! Ricardo Maurício superou Guilherme Salas após a rodada de pit-stops para assumir a liderança da prova e vencer a corrida. A estratégia da Eurofarma funcionou já que o piloto colocou pouco combustível na sua parada, fazendo com que ela fosse mais rápida que a do piloto da KTF Sports.

Infelizmente Guilherme Salas parecia estar com a corrida ganha, mas a sua parada foi um pouco mais demorada e assim, já que precisou abastecer e trocar o pneu traseiro esquerdo e assim como eu Curitiba acabou perdendo a ponta.

Daniel Serra aproveitou a oportunidade para melhorar a sua pontuação no campeonato e chegar ao pódio, terminando na terceira posição, após superar Diego Nunes da Blau Motosport, que teve um início de fim de semana forte, mas não conseguiu sustentar o pódio.

Destaque para os Chevrolet Cruze que dominaram a etapa, já que os cinco primeiros estavam com este modelo de carro. Entre os dez primeiros colocados o melhor Corolla esteve na sexta posição com Bruno Baptista da RCM Motorsport.

Completando o top-10, ainda foi possível ver Allam Khodair na sétima posição, seguido por Gaetano di Mauro. Rubens Barrichello esteve em uma disputa intensa na prova e foi ultrapassado ao final da corrida por Di Mauro, caindo assim para a nona posição. Enquanto Thiago Camilo que mesmo com o carro comprometido conseguiu a décima posição.

A Stock Car retorna neste domingo para a realização da 11ª etapa, às 9h teremos uma nova classificação e ao 11h começa a primeira corrida do domingo, lembramos que desta vez será uma rodada dupla.

Saiba como foi a Corrida da 10ª etapa da Stock Car

Guilherme Salas largou da pole e conseguiu manter a ponta, enquanto Casagrande e Nunes acabavam se tocando, enquanto o piloto R. Mattheis havia assumido a segunda momentaneamente já que pouco depois, Nunes retomou o segundo lugar, já que Gabriel Casagrande cometeu um erro.

Na segunda volta Ricardo Zonta acabou se envolvendo em um incidente, o piloto acabou rodando ao se tocar com Galid Osman. Zonta levou com ele Cacá Bueno. O Safety Car entrou na pista, o carro de Zonta ficou bem destruído, mas o time trabalhou para o retorno de Osman, conseguindo devolver o piloto Shell V-Power para o circuito.

Antes da relargada, os dez primeiros eram: Salas, Nunes, Maurício, Casagrande, Di Mauro, Baptista, Serra, Foresti, Campos e Khodair.

O carro de segurança deixou a pista na quarta volta, Salas conseguiu manter a ponta e abriu uma boa diferença para Nunes. Camilo que estava na décima quarta posição, estava com o carro danificado e após uma classificação ruim o atual líder do campeonato tentava conquistar mais pontos.

Khodair que estava ocupando a décima posição, passou a atacar Julio Campos, a briga era pela nona posição. Mas Rubens Barrichello estava ligado nesta deputa, pois era o décimo segundo colocado. Os pilotos estavam utilizando o botão de ultrapassagem, mas muitos estavam acionando na mesma volta. No entanto, a estratégia na sétima volta deu certo, pois Rubens Barrichello e Khodair utilizaram o botão em uma volta diferente da de Campos e desta forma os dois pilotos realizaram a ultrapassagem naquele que está guiando pela Crown Racing.

O box foi aberto na sétima volta e vários pilotos pariam para as suas trocas, mas Salas permanecia dando voltas voadoras pelo circuito. O piloto da KTF foi para os boxes perto da janela de fechamento, enquanto na pista a disputa era entre Serra e Nunes, já que o piloto da Eurofarma conseguiu realizar a ultrapassagem no piloto da Blau.

Maurício realizou a ultrapassagem em Salas quando o piloto da KTF retornava para a pista. Os dez primeiros eram: Maurício, Salas, Serra, Nunes, Casagrande, Di Mauro, Khodair, Baptista, Barrichello e Camilo.

Khodair estava disputando com Baptista e foi ultrapassado, caindo para a oitava posição e pouco depois passou a ser pressionando por Rubens Barrichello.

Nos últimos sete minutos de prova, Maurício já tinha mais de 1s8 de vantagem para Salas, garantindo a vitória desta forma. Mas neste momento a grande disputa era entre Di Mauro, Khodair e Barrichello, valendo a sétima posição.

Camilo era pressionado por Denis Navarro, na disputa pela décima posição e mesmo com o carro comprometido Camilo conseguiu conquistar boas posições na corrida.

Maurício conseguiu a vitória, seguido por Salas e Serra. Enquanto Barrichello estava brigando com Khodair, pela sétima posição, mas acabou se desligando de Gaetano di Mauro e na linha de chegada Barrichello foi ultrapassado pelo piloto da KTF Sports.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados