ColunistaNascar

NASCAR Cup Series: Com manobra polêmica, Denny Hamlin fatura a conturbada prova de Talladega

Piloto da Joe Gibbs ultrapassou pela faixa dupla amarela, mas comissários da NASCAR entenderam que Hamlin desviou de outro carro

A tradicional prova no superspeedway de Talladega trouxe aquilo que todo fã de NASCAR espera: Vários carros na disputa; acidentes; big ones; e uma chegada apertada. No entanto, o desfecho trouxe polêmica pelas manobras dos pilotos que competiam pela vitória. No fim, Denny Hamlin saiu com seu sétimo triunfo no ano e o primeiro nesta edição dos playoffs da Cup Series.

A prova foi bastante acidentada. Foram nada menos que 13 bandeiras amarelas e mais duas vermelhas. Alguns dos postulantes ao título da divisão principal acabaram envolvidos em acidentes e quatro deles estão em situação muito complicada para classificação.

A vítima acabou sendo Aric Almirola, que levou um toque de Alex Bowman quando liderada no primeiro estágio e acertou o muro, abandonando. Kyle Busch e Ryan Blaney também foram atingidos.

Outro piloto da Stewart-Haas que também se deu mal foi Clint Bowyer, envolvido no primeiro big one, ocorrido na metade da prova. O susto maior foi com Kurt Busch, que alçou voo, mas todos os envolvidos saíram ilesos.

Já no final, durante a primeira prorrogação, Kyle Busch foi outro piloto prejudicado depois de ser tocado por Tyler Reddick, rodou e levou outros participantes fortes, como Joey Logano, Martin Truex Jr e Kevin Harvick.

 

Na última relargada, Matt DiBenedetto assumiu a ponta, em busca de sua primeira vitória na categoria. O piloto da Wood Brother fez de tudo para se defender de Erik Jones e William Byron. Então, Denny Hamlin surgiu com força, passou por dentro da linha dupla amarela contínua e cruzou a linha de chegada na frente.

Os comissários da NASCAR analisaram o lance e entenderam que o piloto da Joe Gibbs estava desviando os carros mais lentos à frente e não o puniram. Inclusive, DiBenedetto foi penalizado por empurrar o carro de Byron para fora. Apesar das reclamações do público presente no autódromo e nas redes sociais, a vitória do piloto do carro 11 foi mantida.

Esta foi a sétima conquista de Hamlin em 2020, sendo a primeira nos playoffs desta edição, confirmando a sua participação na sequência do campeonato. A próxima etapa será no circuito misto de Charlotte, onde quatro competidores serão eliminados, sobrando apenas oito para a disputa do título.

Classificação da etapa de Talladega da NASCAR Cup Series:

1 – Denny Hamlin – Joe Gibbs/Toyota
2 – Erik Jones – Joe Gibbs/Toyota
3 – Ty Dillon – Germain Racing/Chevrolet
4 – William Byron – Hendrick/Chevrolet
5 – Chase Elliott – Hendrick/Chevrolet
6 – Ryan Newman – Roush-Fenway/Ford
7 – Tyler Reddick – Richard Childress/Chevrolet
8 – John Hunter Nemecheck – Front Row/Ford
9 – Brennan Poole – Premium Motorsports/Chevrolet
10 – Ryan Preece – JTG Daugherty/Chrevrolet
12 – Austin Dillon – Richard Childress/Chrevrolet
14 – Alex Bowman – Hendrick/Chrevolet
18 – Brad Keselowski – Penske/Ford
20 – Kevin Harvick – Stewart-Haas/Ford
23 – Martin Truex Jr – Joe Gibbs/Toyota
26 – Joey Logano – Penske/Ford (abandonou)
27 – Kyle Busch – Joe Gibbs/Ford (abandonou)
32 – Kurt Busch – Chip Ganassi/Chevrolet (abandonou)
33 – Clint Bowyer – Stewart-Haas/Ford (abandonou)
37 – Aric Almirola – Stewart-Haas/Ford (abandonou)

Campeonato (Segunda fase dos Playoffs – após 2 de 3 etapas)

Denny Hamlin (1 vitória – classificado)
Kurt Busch (1 vitória – classificado)
Kevin Harvick (+68)
Chase Elliott (+44)
Brad Keselowski (+41)
Martin Truex Jr (+32)
Alex Bowman (+22)
Joey Logano (+21)

Kyle Busch (-21)
Austin Dillon (-21)
Clint Bowyer (-37)
Aric Almirola (-48)

Foto de Capa: Denny Hamlin foi preciso na última curva para faturar a prova de Talladega (Chris Graythen | Getty Images)

Mostrar mais

Eduardo Casola

Jornalista formado na Universidade de Sorocaba (Uniso) e apaixonado por esporte a motor desde quando se conhece por gente. Apenas um rapaz que gosta de uma boa corrida e de uma boa história!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados