ColunistaDestaquesFórmula 2Post

F2: Drugovich parte para Ímola com o desejo de permanecer na liderança do campeonato

Após bom resultado nos testes realizados em Barcelona, Felipe Drugovich aumenta a confiança para a prova em Ímola

A Fórmula 2 retorna neste fim de semana, mas antes da etapa de Ímola ser realizada, a categoria de base passou por Barcelona, fornecendo mais uma sessão de testes aos pilotos.

O brasileiro Felipe Drugovich foi o destaque da atividade, registrando o melhor tempo ao final da sessão. Os três dias de atividade em Barcelona não foram tão quentes, mas Drugovich aproveitou a melhor condição de pista para registrar 1m27s529, no último dia de atividades.

Drugovich é o atual líder do campeonato, o piloto conquistou em Jeddah um terceiro lugar na corrida do sábado e com o benefício da pole, venceu a corrida principal disputada no domingo. O brasileiro conta com 45 pontos, contra 34 de Liam Lawson obtidos nestas duas rodadas.

Parece que desde que retornou para a MP Motorsport, Drugovich retomou de onde parou com o time – bons resultados e vitórias, revelando a sua constante evolução. Os resultados em 2022 são bem sólidos, desta forma a expectativa para Ímola seguem bem altas, pois Felipe deseja conservar a liderança do campeonato.

Sabemos que a Fórmula 2 é extremamente competitiva, principalmente com a prova Sprint no sábado que conta com o grid invertido. O autódromo Enzo e Dino Ferrari é uma novidade completa para o piloto brasileiro.

“O autódromo de Ímola é repleto de história e completamente novo pra mim, para minha equipe e para todos na Fórmula 2. Será uma oportunidade incrível e estou muito animado para o final de semana”, ressaltou o piloto da MP Motorsport.

A MP Motosport é a segunda colocada no campeonato de equipes, os 45 pontos conquistados por Drugovich colocaram o time nessa posição. A Hitech Grand Prix é a atual líder, depois de somar 48 pontos. Clément Novalak ainda está pegando o jeito de correr na Fórmula 2, o francês ainda não conquistou nenhum ponto e o seu melhor resultado foi o 11º lugar na prova Sprint da Arábia Saudita.

“Logicamente estou muito otimista para o final de semana, mesmo não conhecendo a pista pessoalmente. Trabalhamos muito na equipe em Westmaas e eu também me preparei bastante no simulador. Fizemos vários estudos durante os testes em Barcelona pensando em Ímola e acho que poderemos fazer um bom trabalho. Temos material para isso”, disse Drugovich.

O brasileiro esteve nesta semana na Holanda, na sede da MP Motorsport para se preparar para a próxima etapa.

Ímola é uma pista curta, mas muito técnica e conta com várias curvas. Alguns trechos são bem apertados. As temperaturas baixas também dificultam o trabalho dos pilotos, principalmente relacionados ao aquecimento dos pneus. Drugovich não subestima a pista, pois tem plena consciência da dificuldade que é correr neste traçado, mesmo que seja a sua primeira vez neste circuito.

“É uma pista relativamente curta, que não perdoa erros e expõe ainda mais a qualidade do piloto. Estamos animados e confiantes em conquistar o melhor resultado e em lutar por novas vitórias”, finalizou.

A Fórmula 2 atuará como categoria de suporte ao evento da F1, com as suas atividades ocorrendo entre as sessões da categoria principal.

Confira a programação da Fórmula 2 para Ímola 

Programação da Fórmula 2 em Ímola para o GP da Emilia-Romagna – Foto: Ale Ranieri / BP
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados