ColunistaPostW Series

Última rodada do #WSeriesEsportsLeague, conta com vitórias de Marta Garcia

O desafio virtual da W Series foi emocionante, apesar da decisão ter ocorrido na última quinta-feira, as provas foram bem movimentadas

A W Series realizou nesta tarde a última etapa do #WSeriesEsportsLeague, as pilotas competiram em Silverstone, utilizando a plataforma do iRacing.

Desta vez a campeão da rodada, Beitske Visser não participou da prova e a espanhola de 20 anos, Marta Garcia, aproveitou para vencer duas das três provas, desta forma a pilota ampliou a sua vantagem e consagrou o vice-campeonato. A segunda prova do dia, contou com vitória de Sarah Moore.

Confira os texto sobre o desafio #WSeriesEsportsLeague

Irina Sidorkova conseguiu manter a terceira posição no campeonato, principalmente por obter um bom resultado na segunda prova realizada hoje.

Hannah Grisham, pilota convidada do desafio pela terceira vez, obteve uma quinta posição na terceira prova.

Primeira Corrida

Como de costume, as meninas realizaram a primeira classificação do dia. A pole ficou com Marta Garcia, acompanhada por Caitlin Wood e Nerea Marti. E antes de completarem uma volta, Pepper se tocou com Marti que saiu rodando e perdeu a terceira posição.

Enquanto isso Agren e Sidorkova passaram a disputar pela terceira posição e por conta da proximidade, Sidorkova também foi tocada e caiu para a décima segunda posição. Fabienne Wohlwend assumiu a terceira posição, seguida por Kimilainen.

Após algumas trocas de posição pelo grid que estava bem disputado, Garcia venceu a prova, acompanhada por Ayla Agren, Fabienne Wohlwend completou o pódio.

 

Segunda Corrida

Sarah Moore – Foto: W Series

Por conta do grid invertido, Cook ficou com a pole, acompanhada por Vicky Piria e Moore. E assim que a prova começou foi a vez da italiana assumir a ponta e Moor acompanhou o movimento para ocupar o segundo lugar, então Pepper passou a ser a terceira. Cook caiu para a última posição, após enfrentar um problema com a conexão e perdeu a chance de batalhar pela vitória.

E antes do término do primeiro giro, Piria foi tocada e despencou para a décima terceira posição. A liderança da prova foi para as mãos de Moore, mas Pepper atacava a inglesa e Schiff havia assumido a terceira posição.

Por conta da aproximação, mais uma vez os toque ocorriam e Pepper que havia se aproximado de Moore, encostou a asa dianteira na traseira do carro da outra pilota e rodou. Desta forma Schiff assumiu a segunda posição, com Sidorkova na terceira posição e se a disputa entre eles já era intensa, passou a deixar a disputa pelas primeiras posições ainda mais disputada.

Sarah Moore venceu a segunda prova, acompanhada de Irina Sidorkovana segunda posição e Nerea Marti na terceira posição, enquanto Naomi Schiff ficou com a quinta posição, perdendo espaço na última volta.  

Com o resultado, Garcia fechou na segunda posição do campeonato de pilotas e Sidorkova garantiu a terceira posição.

 

Terceira Corrida

Marti e Pepper disputando – Foto: W Series

Para a terceira e última prova do desafio virtual, Marta Garcia voltou a garantir a ponta, acompanhada desta vez por Tasmin Pepper e Caitlin Wood.

A espanhola conseguiu manter a dianteira, enquanto Wood assumia a segunda posição, deixando Pepper no terceiro lugar. No grid, ocorriam várias disputas.

E com uma corrida mais longa, as pilotas foram se distanciando, mas Moore, seguiu pressionando Pepper, na busca por conquistar a terceira posição.

A última corrida do desafio virtual, terminou com Garcia vencendo uma segunda prova, acompanhada por Caitlin Wood e Tasmin Pepper que não cedeu as investidas de Moore.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados