ColunistaFórmula 1Post

GP da Toscana – Lewis Hamilton vence de forma brilhante, após corrida caótica em Mugello

Uma corrida que teve muita confusão, duas paralisações, doze pilotos cruzando a linha de chegada e a 90ª vitória de Hamilton

Largada? Confusão, caos. Foi assim o início da prova na Toscana, primeira corrida no circuito. Logo após a largada tivemos o primeiro acidente que ocorreu com Max Verstappen, Pierre Gasly e Kimi Raikkonen, um sanduiche que contribuiu para o abandono do holandês.

Algumas voltas para limpeza da pista e a relargada ocorreu, mas aí tudo foi um borrão, pois vários pilotos se envolveram em um acidente sério. Valtteri Bottas segurou o pelotão e todos foram reduzindo a velocidade, aqueles que estavam na parte final do grid, acabaram se tocando pois acreditavam que os pilotos a frente já haviam relargado. Antonio Giovinazzi na tentativa de se livrar de um acidente com Kevin Magnussen jogou o carro para o lado e acertou Nicholas Latifi, Carlos Sainz que vinha logo atrás acertou eles e  assim ocorreu o abandono destes pilotos. Neste início já tínhamos seis pilotos fora da prova.

E após relargada que ocorreu na nona volta Hamilton assumiu rapidamente a liderança e Bottas perdeu a chance de brigar com o companheiro de equipe. Ótimas disputas ocorreram na pista, principalmente as travadas por Daniel Ricciardo que estava com muita gana para chegar ao pódio.

No entanto a Racing Point apresentava um desempenho difícil, com Pérez perdendo espaço, enquanto Lance Stroll tinha dificuldade para se manter na terceira posição, com a aproximação do australiano.

Após a rodada de pit-stops que ocorreu a partir da volta 30, novas movimentações foram ocorrendo na prova e aí veio a batida de Lance Stroll que mudou tudo de novo. Uma nova bandeira vermelha foi acionada e a prova foi interrompida mais uma vez. Desta forma os três pilotos que haviam terminado no pódio no GP de Monza, não completaram o GP da Toscana.

Três vezes em uma prova! 

Um terceiro recomeço, um novo realinhamento nos boxes e Lewis Hamilton foi imbatível mais uma vez e sobrou na ponta, enquanto Valtteri Bottas foi ultrapassado por Daniel Ricciardo. A prova seguiu e o motor Mercedes falou mais alto, Ricciardo foi ultrapassado e Bottas passou a buscar Hamilton, mas o australiano não contava com ultrapassagem de Alexander Albon.

Foi assim a disputa pela terceira posição, Ricciardo queria o primeiro pódio com a Renault, mas Alexander Albon batalhou pelo primeiro pódio da carreira e nesta disputa de primeiras vezes, o tailandês levou a melhor e cruzou a linha de chegada a frente completando o pódio com a dupla da Mercedes.

Ricciardo foi o piloto que teve o melhor desenvolvimento com a Renault, já que Esteban Ocon abandonou a corrida por conta do superaquecimento dos freios. E seguindo pelo grid, Sergio Pérez garantiu a quinta posição para a Racing Point, seguido por Lando Norris da McLaren. Um piloto de cada uma destas equipes assegurando pontos preciosos para a disputa do campeonato de construtores.

Daniil Kvyat foi o responsável por conquistar pontos para a AlphaTauri, após conquistar a sétima posição. Charles Leclerc e Sebastian Vettel levaram pontos para a Ferrari, já que o monegasco conseguiu um oitavo lugar, enquanto o alemão foi o décimo. Entre eles, Kimi Raikkonen fechou na nona posição, conseguindo os primeiros pontos do ano, mesmo após ser punido com cinco segundos por ter cruzado a linha dos boxes quando o Safety Car foi acionado.

George Russell chegou próximo da zona de pontuação, até figurou nela, mas terminou no décimo primeiro lugar, com Romain Grosjean em décimo segundo. Desta forma o GP da Toscana encerrou com 12 pilotos completando a prova, enquanto 8 pilotos abandonaram.

Lewis Hamilton cruzou a linha de chegada para conquistar a 90ª vitória da carreira, soberano com mais de 4 segundos de vantagem para Valtteri Bottas. Enquanto Albon tirou um peso das costas, pois após o abandono de Max Verstappen o tailandês permaneceu na pista e ainda conquistou o pódio.

O texto do Volta por Volta sai ainda nesta tarde, mostrando todos os pontos desta corrida movimentada.

Etiquetas
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Fechar