Entenda o motivo pelo qual as quebras durante a pré-temporada são essenciais

Sharing is caring!

Os testes de pré-temporada servem para a verificação do carro, seus componentes e principalmente atestar a confiabilidade do motor. No segundo dia de testes os primeiros problemas começaram a aparecer, mas isso é normal?

As equipes quando vão para Barcelona tem um cronograma sobre o que precisa ser verificado, após todos os testes que foram realizados na fábrica. o túnel de vento é responsável por fornecer vários dados para as equipes mas ele não acerta em 100%, portanto as equipes cruzam dados obtidos antes e durante os dias que estão na pista, identificando o que precisa ser aperfeiçoado e o motivo pelos dados não baterem sempre.

Os problemas surgem e já começam os questionamentos sobre o quanto isso é preocupante, mas só pelo número de voltas que as equipes fazem em um dia, podemos notar que as condições são bem mais elevadas. A parte ruim é que quando um carro apresenta problemas, as rivais que estão ao lado, seguem desenvolvendo o carro, enquanto a equipe que encontrou uma dificuldade fica “parada”, dedicando o seu tempo a um conflito.

É difícil mensurar o quanto é ruim ficar com o carro preso aos boxes e o quanto isso vai atrapalhar a equipe ao logo da temporada, mas as falhas fazem parte do crescimento. Devemos lembrar mais uma vez que os resultados obtidos na pista são inconclusivos pois não temos acesso a quanto os carros estão usando de combustível e outros dados mais profundos. 

Mesmo perdendo tempo, é melhorar que as quebras e erros sejam identificadas agora, pois na pista durante uma prova, a perda de pontos influência todo o campeonato em desenvolvimento, assim como o dinheiro que pode mudar a próxima temporada.

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

shares
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com