Di Grassi desenvolve equipamento para higienizar rapidamente transporte público

Sharing is caring!

Dispositivo que emite luz ultravioleta já é usado no exterior não só no transporte público mas em hospitais e aeroportos

O piloto Lucas Di Grassi está liderando uma nova iniciativa na busca por soluções de apoio ao combate ao novo coronavírus no Brasil. Nesta quarta-feira (15) uma equipe comandada por ele e técnicos da Secretaria dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, iniciaram testes com um equipamento que emite luz ultravioleta (UV) idealizado e desenvolvido pelo piloto. O dispositivo tem a capacidade de sanitizar vagões de trens e também ônibus usados no transporte público. O primeiro teste teve a parceria do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), que coletou amostras para análise.

Após a divulgação dos resultados, o aparelho poderá ser empregado em todo o sistema de transporte metropolitano. Esta é a terceira iniciativa de Lucas, que já realizou uma campanha de arrecadação de fundos para a compra e distribuição de álcool gel, além de ter promovido a produção de “face shields” (máscaras semelhantes a um escudo facial) para serem empregadas por profissionais de saúde que militam em asilos de idosos.

Imagem/Divulgação

Os resultados do IPT ficam prontos em sete dias. Segundo Di Grassi, o equipamento tem a capacidade de desinfectar cada vagão ou veículo em até um minuto. Na execução do projeto, Lucas contou com a ajuda da empresa HyperViolet, que ajudou a construir o primeiro protótipo. A capacidade do equipamento varia de acordo com o volume de energia empregada na área a ser desinfectada (joule/m2). Em uma aplicação com energia suficiente, a esterilização pode ser de 100%.

Di Grassi explica que é utilizada a luz ultravioleta C, de forte intensidade, capaz de destruir o DNA das células de vírus e bactérias. “O objetivo é ajudar a luta dos brasileiros nesse período de pandemia e pós pandemia. Já existe a comprovação científica da eficácia deste tipo de dispositivo em outros países e queremos trazer urgentemente essa tecnologia para o Brasil”. Segundo ele, qualquer pessoa exposta durante à aplicação deve usar EPIs adequados, especialmente óculos com proteção UV.

Segundo o secretário Alexandre Baldy, o Governo do Estado está em busca de novas tecnologias para melhorar ainda mais a eficiência em higienizar o transporte público. “Essa é uma forma eficaz, ágil e de baixo custo que poderá dar ainda mais segurança a todos que precisam se deslocar”, reforça o secretário. “Temos contato com empresas de transporte no mundo todo, diariamente, e se for necessário vamos investir em novas soluções para que os nossos passageiros tenham cada vez mais segurança ao ir e vir”, afirmou.

 

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

shares