ColunistaDestaquesFórmula EPost

Güenther vence ePrix de Santiago altamente disputado até a última volta

O ePrix de Santiago, terceira etapa da Fórmula E realizada hoje (18), foi altamente disputada, Maximilian Güenther garantiu a vitória no circuito durante a última volta, o alemão perdeu a liderança instantes antes para Antonio Félix da Costa. A ultrapassagem era difícil, principalmente para cima do português que estava irredutível nas últimas voltas, mas o alemão deu o troco e cruzou a linha de chegada na primeira posição.

Por todo o pelotão ocorreram disputas, Mitch Evans fechou na terceira posição, seguido por Pascal Wehrlein, após Nyck De Vries perder duas posições na última volta. Com o encerramento da prova, punições foram aplicadas no grid e assim Lucas Di Grassi fechou em sétimo, Felipe Massa subiu para a nona posição, conquistando os primeiros pontos do ano.

lll Resumo da Classificação

Mich Evans garantiu a pole para a Jaguar no ePrix no Santiago, depois de marcar 1:04:827 na Super Pole, separado por 0s275 da BMW Maximilian Gunther. Pascal Wehlein, da Mahindra e Felipe Massa, da Venturi fizeram o mesmo tempo, mas como o alemão fechou a volta primeiro teve direito a terceira posição.

Os pilotos realizaram a fase de grupos e na última volta de Lucas di Grassi no circuito, o brasileiro acertou a barreira de proteção, depois de Oliver Rowland bater forte e espalhar destroços pela pista, Di Grassi vai largar da penúltima posição.

lll Saiba como foi a corrida

O grid de largada ficou definido assim: 1) Evans, 2) Guenther, 3) Buemi, 4) Massa, 5) Turvey, 6) Wehrlein, 7) Mortara, 8) De Vries, 9) Vandoorne, 10) Felix da Costa, 11) Vergne, 12) Jani, 13) Abt, 14) Lotterer, 15) Sims, 16) Bird, 17) Hartley, 18) Calado, 19) Müller, 20) D’Ambrosio, 21) Frijns, 22) Rowland e 23) Di Grassi.

Evans conseguiu manter a primeira posição, acompanhado por Wehrlein e Günther, Felipe Massa começou a perder posições e passava a ser o sexto colocado. A penúltima curva fechada fazia com que os pilotos do final do grid se tocassem. Neel Jani fora para os boxes após confusão.

As curvas fechadas da pista geravam as maiores confusões pois não existia espaço para vários pilotos tentarem realizar ultrapassagem nesses trechos.

Com pouco mais de 40 minutos, os pilotos começavam a pegar o modo ataque, os primeiros foram Hartley na décima sétima posição, D’Ambrosio em vigésimo e Frijins em vigésimo terceiro.

Os pilotos do meio para o final de pelotão utilizavam o modo ataque, no entanto a bandeira amarela foi ativa em todo o circuito pois o carro de Sims ficou parado na pista. A remoção foi rápida e a pista voltou a ser liberada e os pilotos que estavam com o modo ataque, aproveitaram para valer esta potência e conquistar posições devido à aproximação, desta forma Abt passou a ser o décimo primeiro.

Com pouco mais de 36 minutos Bird acabou rodando e perdeu a décima segunda posição, caindo para décimo sétimo. Na reta de largada após um toque Rowland perdeu a asa dianteira e passou a se arrastar na pista.

Com 33 minutos Turvey perdia a quinta posição ao optar por ativar o modo ataque, como Massa estava logo atrás realizou a ultrapassagem e subiu para quinto. Neste momento da prova apenas Wehrlein entre os dez primeiros colocados não tinha o modo ataque ativado.

Felipe Massa passou a perseguir Mortara para recuperar a quarta posição, mas ele não dava brecha para que a ultrapassagem ocorresse. O modo ataque dos dois acabou junto e a tentativa de Massa realizar a ultrapassagem passou a ser sem ajuda da potência extra.

Restando 30 minutos era possível ver Evans usando o modo ataque para se defender da aproximação de Wehrlein. Massa havia conseguido a quarta posição, após Mortara ir pegar o modo ataque, mas pouco depois da transmissão colocar a câmera eye ativa, Massa acabou errando por conta do companheiro de equipe que forçou a ultrapassagem e assim caiu para a sétima posição. 

Com 23 minutos as dez primeiras posições eram: Günther, Evans, Werhlein, Mortara, Vergne, De Vries, Massa, Vandoorne e Abt. Günther utilizava o restante do modo ataque para realizar a ultrapassagem e Evans e obter a primeira posição.

Felipe Massa pegou o modo ataque mais uma vez, com pouco mais de 20 minutos para o término da prova e assim o brasileiro tentava chegar no sétimo colocado e recuperar as posições perdidas. Lucas Di Grassi seguia escalando o pelotão e já era o décimo segundo colocado.

Ao ser arrojado na tentativa de conquistar posições Massa perdeu o ponto de freada e passou direto pela área de escape, perdendo a chance de obter a sétima posição.

Com 14 minutos De Vries assumiu a sexta posição ao ultrapassar Mortara e o piloto da Rokit Venturi começava a enfrentar problemas na pista perdendo diversas posições.

Restando 12 minutos, Lucas Di Grassi passava a ser o décimo colocado. Vergne enfrentou problemas com um pedaço da asa dianteira presa no pneu, mesmo assim o piloto não abriu espaço para que Da Costa realizasse a ultrapassagem e o português precisou esperar um pouco para assumir a terceira posição.

D’Ambrosio, De Vries e Buemi foram punidos com cinco segundos, após aberta a investigação por irregularidades.

Vergne optou por ir aos boxes e abandonador a prova, restavam apenas 7 minutos para o término. Da Costa seguia pressionando para chegar na segunda posição e com cinco minutos o português subiu para a segunda posição ao ultrapassar Evans. Enquanto isso Ma Quing Hua e Rowland foram punidos por infração técnica.

Da Costa assumiu a primeira posição, após tirar a diferença para Günther, o português não mediu esforços e se tocou com o alemão. No entanto durante a última volta, esta disputa perdurou e Günther conseguiu retomar a primeira posição, cruzando a linha de chegada na frente para conquistar a sua primeira vitória.

Da Costa fechou em segundo, acompanhado por Evans e Wehrlein que ultrapassagem De Vries nos últimos minutos.  

Após a punição de Buemi e Abt aplicadas Felipe Massa que era o décimo primeiro, passou a ser o nono colocado.

lll Assine: Apple Podcasts | Android | E-mail | Google Podcasts | Stitcher | Spotify| RSS | More

lll CONTATO

l Escreva para nós: contato@boletimdopaddock.com.br

l Nossas Redes Sociais: Twitter | Facebook | Instagram | Youtube

lll Feed do Boletim do Paddock: Feeds.Feedburner.com/DiznoBoletimque

Etiquetas
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Artigos relacionados

Fechar