ColunistaFórmula 1Post

Aston Martin aposta no verde e revela o AMR21

A Aston Martin revelou o AMR21, o carro da temporada 2021. Equipe foge do rosa e aposta no verde britânico

A Aston Martin revelou nesta quarta-feira (03) o carro que vai utilizar na temporada 2021, conhecemos hoje o AMR21, o modelo será guiado por Sebastian Vettel e Lance Stroll.

Como prometido, a Aston Martin trouxe para o grid o verde britânico, cor que se tornou tradicional nos veículos da marca. A pintura ainda apresenta detalhes em rosa,uma faixa sutil que aparece na asa dianteira e nas laterais do carro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A BWT que segue como patrocinadora, aparece na carenagem do carro, mas agora não tem nenhuma influência com uma pintura dominante como na época em que começou a patrocinar a Force India e Racing Point, nesta temporada não teremos os carros rosa no grid.

É um ano de muita expectativa na Aston Martin, é o retorno da marca após 60 anos, eles querem brigar pelas primeiras posições do campeonato de construtores. Em 2020 a Racing Point mostrou que era possível, com o direcionamento do dinheiro para as áreas de desenvolvimento, além de mirarem no carro da Mercedes de 2019, o time deixou o sétimo lugar para disputar a terceira posição do campeonato, fechando o ano no quarto lugar.

“Sonho com este dia há muito tempo. Sempre fui um cara que gosta de carros e sempre adorei correr também. Meu primeiro sonho era ter uma equipe de Fórmula 1. Meu segundo sonho era adquirir uma participação acionária significativa na Aston Martin. Hoje é sobre a fusão desses dois sonhos. Então, como eu disse, hoje é tudo sobre sonhos, e isso mostra que os sonhos realmente podem se tornar realidade, na forma de nosso novo AMR21″, disse o presidente executivo da Aston Martin, Lawrence Stroll.

No ano passado eles somara 195 pontos, a equipe acabou punida com 15 pontos por ter utilizado um duto de freio que feria o Regulamento Esportivo de 2020. A ousadia foi tamanha que a equipe conseguiu copiar peças externas e internas do carro da equipe alemã. A ‘’novidade’’ impulsionou a equipe no campeonato, dando mais chances para brigar com os seus rivais.

Em 2021 é de se esperar que a Aston Martin ainda seja forte no campeonato, o carro é uma evolução do seu antecessor, respeitando as modificações que foram necessárias para a temporada atual. Eles têm orçamento para investir no carro, o que pode assustar um pouco os seus competidores. Além disso, por não terminarem a frente da McLaren, eles terão mais horas no túnel de vento para desenvolver peças.

“De fato, a equipe de Fórmula 1 se tornará um laboratório de inovação dinâmico e empolgante para impulsionar as futuras tecnologias e desempenho dos carros de estrada Aston Martin, que irão realmente diferenciar nossos carros nos próximos anos. A Aston Martin sempre fez carros bonitos. Agora, ao iniciarmos uma nova era do Aston Martin na Fórmula 1, traremos mais inovação e mais desempenho”, disse o CEO da Aston Martin, Tobias Moers.

Nesta temporada o time conta com o tetracampeão mundial, Sebastian Vettel, uma aquisição interessante após o piloto não ter o contrato renovado com a Ferrari. A equipe já disse que está fazendo o possível para tornar o carro bom para que o alemão se adapte e possa trazer resultados para a casa. Eles acreditam que ele ainda tem muito potencial e poderia acrescentar muito a equipe, principalmente neste momento que eles estão apostando em resultados melhores.

Lance Stroll segue na equipe, agora como companheiro de Sebastian Vettel, o canadense quer provar o seu desenvolvimento, mostrando que pode trazer resultados melhores para o time. Mesmo sendo filho de Lawrence Stroll, um dos acionistas da Aston Martin, desta vez as coisas são um pouco diferentes, o piloto precisa realmente entregar para justificar a sua permanência no time. Stroll foi ao pódio duas vezes em 2020 – no GP da Itália e de Sakhir – mostrando que o piloto também pode trazer pontos valiosos para o time.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados