ColunistaFórmula EPost

A nova temporada da Fórmula E vai começar na Arábia Saudita, mesmo com a nova proibição de viagens

Governo local decretou suspensão temporária da entrada de não-sauditas vindos de 20 países 

O governo da Arábia Saudita decidiu fechar suas fronteiras para viajantes de 20 países a partir desta quarta-feira (03), apesar da proibição, o início da nova temporada da Fórmula E está garantido.

Foi o que revelou o site The-Race.com. Em contato com a organizadora do evento, a publicação foi informada que “A Fórmula E ainda está planejando realizar a rodada dupla de abertura da temporada nos dias 26 e 27 de fevereiro.

“Devido a uma isenção concedida pelo Reino, os vistos de Fórmula E para entrar [na Arábia Saudita] permanecem válidos. Estamos trabalhando em soluções para levar todo o pessoal lá da maneira mais segura possível.”

O comunicado emitido pelo Ministério do Interior da Arábia Saudita dizia que havia “decidido suspender a entrada no Reino – para não cidadãos, diplomatas, profissionais de saúde e suas famílias devido à importância de preservar a situação epidemiológica e a saúde pública no Reino”.

LEIA MAIS: Fórmula E confirma a primeira corrida noturna de sua história na Arábia Saudita

A lista incluia Reino Unido, EUA e França. Três países que possuem integrantes fundamentais para a realização das corridas nos dias 26 e 27 de fevereiro. Entretanto, a categoria conseguiu uma dispensa da decisão e, portanto, as corridas não serão afetadas.

Membros da Fórmula E e das equipes residentes no Reino Unido e na Alemanha devem organizar voos fretados para o país árabe a partir de 18 de fevereiro. Isso porque algumas companhias aéreas cancelaram recentemente a maioria dos voos para a Arábia Saudita.

Os detalhes das isenções não foram divulgados, mas devem incluir protocolos específicos que incluem uma triagem e testes rigorosos de todos aqueles que trabalham no circuito.

Todos os participantes do evento farão uma quarentena obrigatória de 48 horas e, em seguida, terão que fazer um novo teste de PCR em uma instalação médica saudita antes de obter credenciamento para estar no local. E mais testes ainda serão realizados em todos os presentes durante a semana da prova.

CORRIDA SEM PÚBLICO

Até o início de janeiro, a Fórmula E tinha um certo grau de confiança de que a corrida poderia receber alguns fãs, mas o plano foi cancelado numa decisão conjunta entre a categoria, os promotores locais e o ministério dos esportes sauditas.

A rodada dupla será efetivamente realizada a portas fechadas, mas os trabalhos de montagem do circuito já começaram. Inclusive com o inovador sistema de iluminação LED sustentável que vai garantir a visibilidade das primeiras corridas noturnas da história da categoria.

Mostrar mais

Cinthia Venâncio

Cearense que acompanha Fórmula 1 desde que se entende por gente. Faz aniversário no mesmo dia do Damon Hill.

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo