AutomobilismoColunistaPostStock Car

Stock Car: Vitor Genz cresce na corrida e vence em Cascavel

A quarta etapa da Stock Car que aconteceu neste domingo (11) no autódromo de Cascavel, prova que está vai ser uma das temporadas mais equilibradas da história da categoria brasileira. Na primeira corrida Max Wilson que largou na frente pois havia conquistado a pole no sábado, levou a melhor na corrida e teve uma vitória de ponta a ponta sem sofrer ameaças. Porém na segunda bateria a estrela brilhou para Vitor Genz piloto da Eisenbahn Racing Team.

O que podemos notar da primeira prova para a segunda é que cada vez mais os pilotos estão apostando em preservar os seus pneus e botões de ultrapassagem para serem usados na segunda corrida do dia, além disso pilotos que não estão bem na primeira sessão, acabam sendo recolhidos para o box na intenção de levar vantagem sobre os seus rivais na hora das disputas por ultrapassagens, com os botões de push a mais.

A prova começou com Marcos Gomes mantendo a primeira colocação, enquanto Galid Osman passava Valdeno Brito para assumir o segundo lugar. Brito acabou escapando na pista e indo parar na décima terceira colocação. Enquanto os ponteiros mantinham os seus lugares, Gabriel Casagrande tinha um pneu furado e era visto indo para os boxes da equipe e tendo que abandonar a prova.

Gomes mantinha sua vantagem em cima de Galid abrindo mais de dois segundos por volta. Já Thiago Camilo começava a pressionar Rubens Barrichello na luta pelo quarto lugar. Atila Abreu acabou ultrapassando Max Wilson por dentro no final da reta principal. Daniel Serra tentou aproveitar o embalo, mas não havia espaço para os dois carros, a manobra não saiu como esperada e os dois se tocaram e saíram da pista. Max acabou retornando em décimo sétimo e Daniel em vigésimo terceiro, Serra ainda recebeu uma punição de drive through, e o Wilson perdia um pouco da pintura nova do seu carro inteirinho azul.

Galid era pressionado por Fraga na briga pela segunda colocação e Barrichello e Camilo acompanhavam os dois de perto. O que eles não esperavam era que Fraga acabaria enfrentando problemas e abandonaria a prova na sequência, já que o carro entrou em modo de segurança e ficou parado na pista. Quase que paralelamente o líder na prova Marcos Gomes que havia adquirido 7 segundos de vantagem para o segundo colocado, rodou sozinho na pista e abandonou a prova, o Safety Car teve que ser acionado. Galid assumiu a ponta, mas de forma breve até ter que se encaminhar para a realização do pit-stop.

Barrichello se tornou líder, mas foi para os boxes, voltando na cola de Vitor Genz, que era o terceiro colocado. Ricardo Zonta era o primeiro, mas graças a má comunicação com a equipe, que dizia estar enfrentando problemas com o rádio, perdeu a janela de paradas e ficou com o combustível no limite, com isso acabou entregando a posição para Thiago Camilo. Então Genz partiu para cima do piloto.

Rubinho brigava com Camilo pelo segundo lugar, mas acabou ultrapassado por Lucas Forest e Allam Khodair. O piloto do carro 18 foi visto perdendo rendimento e até receber a bandeirada e concluindo a prova na décima oitava posição.

Vitor Genz que não havia completado a primeira bateria e largando da vigésima quarta posição, soube aproveitar bem os recursos do seu carro e ter uma boa vantagem, quando recebeu a bandeirada final, para se tornar o primeiro gaúcho a vencer uma corrida de Stock Car.

A corrida também traz como marca, sendo a primeira etapa da temporada onde Camilo não subiu ao pódio. O piloto ficou sem botões de ultrapassagem e teve desgaste dos pneus no final da corrida, não conseguindo participar da luta.

Depois da finalização da corrida os comissários técnicos da Confederação Brasileira de Automobilismo optaram por desclassificar Lucas Foresti por uma irregularidade técnica no carro, com isso os resultados da segunda prova, bem como o da classificação foram alterados.

Foto de capa: Fábio Davini | Vicar

Confira como ficou a classificação final da segunda corrida, em Cascavel:

1º #46 Vitor Genz – 36 voltas em 41min59s199;

2º #117 Guilherme Salas – a 10.376;

3º #25 Tuka Rocha – a 12.178;

4º #111 Rubens Barrichello – a 14.282;

5º #21 Thiago Camilo – a 16.193;

6º #4 Julio Campos – a 16.671;

7º #51 Átila Abreu – a 17.035;

8º #70 Diego Nunes – a 17.104;

9º #9 Guga Lima – a 17.278;

10º #3 Bia Figueiredo – a 17.709;

11º #5 Denis Navarro – a 20.963;

12º #0 Cacá Bueno – a 21.708;

13º #30 Cesar Ramos – a 21.712;

14º #29 Daniel Serra – a 23.408;

15º #8 Rafael Suzuki – a 27.192;

16º #65 Max Wilson – a 28.742;

17º #44 Betinho Valério – a 42.504;

18º #18 Allam Khodair – a 1 volta;

19º #28 Galid Osman – a 1 volta;

20º #90 Ricardo Maurício – a 7 voltas;

Não completaram 75% da prova:

21º #31 Marcio Campos;

22º #110 Felipe Lapenna;

23º #80 Marcos Gomes;

24º #88 Felipe Fraga;

25º #1 Antonio Pizzonia;

26º #83 Gabriel Casagrande;

27º #73 Sergio Jimenez;

28º #10 Ricardo Zonta*;

29º #77 Valdeno Brito*;

30º #12 Lucas Foresti**;

* Excluídos por não cumprirem o pit stop obrigatório.

** Desclassificado por irregularidade técnica.

Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas

 

Classificação do campeonato:

1º Thiago Camilo – 128

2º Daniel Serra – 113

3º Átila Abreu – 111

4º Max Wilson – 105

5º Rubens Barrichello -102

6º Ricardo Maurício – 91

7º Marcos Gomes – 76

8º Felipe Fraga – 76

9º Cacá Bueno – 72

10º Tuka Rocha – 55

11º Ricardo Zonta – 48

12º Valdeno Brito – 47

13º Julio Campos – 37

14º Rafael Suzuki – 37

15º Vitor Genz – 37

16º Galid Osman – 36

17º Diego Nunes – 34

18º Allam Khodair – 32

19º Felipe Lapenna – 30

20º Guilherme Salas – 30

21º Antonio Pizzonia – 28

22º Cesar Ramos – 27

23º Denis Navarro – 25

24º Gabriel Casagrande – 20

25º Lucas Foresti – 16

26º Guga Lima – 15

27º Bia Figueiredo – 15

28º Sergio Jimenez – 14

29º Marcio Campos – 10

30º Betinho Valério – 5

Fonte: @Stock_Car
Fonte: @Stock_Car
Fonte: @Stock_Car

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo