ColunistaFórmula EPost

Fórmula E vai realizar seis corridas em Berlim para concluir a temporada de 2019/20

Um local, nove dias e três layouts

Foto: DS Techeetah

A Fórmula E anunciou nesta quarta-feira (17) a retomada da temporada 2019/2020. As provas estão programadas para acontecer ente os dias 5 e 6, 8 e 9, 12 e 13 de agosto.

A categoria de carros elétricos, aprovou a realização de seis provas em um período de nove dias, desta forma será possível definir o campeão da temporada e realizar 11 provas neste ano.

Os rumores se concretizaram e as provas vão ser realizadas no aeroporto alemão, o layout da pista será diferente para cada rodada dupla, desta forma as equipes vão ser desafiadas a traçar diferentes estratégias.

A FIA junto com a Fórmula E, estão trabalhando com as equipes e as autoridades locais para que seja possível realizar uma temporada segura para todos. A categoria vai implementar rigorosas medidas de segurança e assim como na Fórmula 1, apenas as pessoas essenciais vão estar no local. Grande parte dos funcionários vai trabalhar de forma remota. A utilização de máscaras durante o evento é uma condição obrigatória, assim como o distanciamento social. 

Foto: DS Techeetah

“Desde que tomamos medidas para suspender nossa temporada em março, enfatizamos um calendário revisado que coloca a saúde e a segurança de nossa comunidade em primeiro lugar, além de manter a nossa identidade em correr no centro das cidades desde o início da Fórmula E, e oferecer uma conclusão emocionante para a atraente temporada de corridas que tivemos”, disse Jamie Reigle, diretor executivo da Fórmula E.

“Por isso estamos indo para o Aeroporto de Tempelhof em Berlim, um local que nossas equipes, pilotos e fãs adoram, para realizar um festival de nove dias de corrida com três rodadas duplas consecutivas. O festival contará com três layouts de pista, apresentando um novo desafio e criando as condições para um clímax imprevisível e cheio de drama para a sexta temporada. A Fórmula E tem trabalhado incrivelmente duro nas últimas semanas para voltar a correr novamente em Berlim.”

Seguindo as diretrizes do governo alemão, o número máximo é de 1.000 pessoas, incluindo fornecedores locais e equipe médica. O público não vai poder participar das provas.

O líder do campeonato António Felix da Costa, vai utilizar o restante da temporada para tentar garantir o seu primeiro título. Ao seu lado na DS Techeetah terá o bicampeão Jean-Éric Vergne.

Etiquetas
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Fechar