ColunistaDestaquesFórmula 1Post

Crônicas de Singapura – O significado de Redenção

Significado de Redenção

re.den.ção

Possui 8 letras

substantivo feminino

Ato ou efeito de redimir.

Ato de resgatar ou de libertar de qualquer forma de escravidão ou opressão; libertação, resgate.

Ao longo da vida todas as pessoas vão criando amarras e dificultando o seu caminhar, não importa onde você esteja agora, algo no seu interior te incomoda, coisas precisam ser mudadas, o sentimento de estar preso é tão dominante… O que você precisa é de liberdade!

Antes do Grande Prêmio de Singapura de 2019, Sebastian Vettel possuía 52 vitórias, suas melhores constates foram nos anos de 2011, 2012 e 2013, mas a primeira vez que cruzou a linha de chegada avistando uma bandeira quadriculada foi em 2008 no GP da Itália, a bordo de uma Toro Rosso, ele era apenas um garoto.

Tanta coisa mudou desde aquela vez, pois hoje ele tem 32 anos, 53 vitórias, 118 pódios, 4 títulos, cabelo curto, barba no rosto, é pai, tem uma família… Não tem como reduzir uma pessoa aos seus números, mas eles fazem parte do que ele é.

Está não foi a primeira vez que o alemão buscou a redenção, o ato de trocar a Red Bull pela Ferrari, foi uma redenção, pois após a sua última vitória lá em Interlagos em 2013, Vettel só voltou a vencer vinte corridas depois, quando começou a sua jornada com a Ferrari em 2015. Naquela temporada no Grande Prêmio da Malásia, ele voltou a ver a bandeira quadriculada. Não faz muito tempo, mas o campeonato de Fórmula 1, possuía 19 corridas e ele passou uma temporada, mais uma prova sem vencer. Vocês conseguem ver uma semelhança com a sua última vitória na Bélgica 2018 e o momento vivido em Singapura 2019? 22 Corridas em um calendário de 21 provas por temporada.

Naquela mesma época as pessoas duvidaram do seu potencial, contestaram os seus títulos e a permanência na Fórmula 1, nada muito diferente do que ele passou neste último ano. O ato de redenção veio na mudança escolha pela mudança, mais algumas corridas e pódios foram conquistadas, o discurso mudou, isso trouxe dias de festa até o GP da Alemanha de 2018, o fatídico dia em que ele rodou enquanto liderava uma corrida em seu país.

Na Alemanha 2019, Vettel chegou perto de se redimir com a torcida, terminando a prova na segunda colocação, logo atrás de Max Verstappen com a Red Bull, mas aquele resultado ainda não era suficiente, pois lhe faltava uma vitória, o que muitos consideram como ápice de uma carreira, mas também é o momento de liberdade em tempos difíceis.

Sem grandes expectativas para os cavalos rampantes, o final de semana teve início e eles voltaram a surpreender! Vettel assumiu a liderança da prova por conta de vários fatores, as coisas conspiraram a seu favor e aconteceu.

Ele se lembrou das últimas semanas difíceis e do apoio que recebeu e como toda a rede de apoio fez diferença para ele, criando um elo de força que Vettel pode levar junto com ele para a pista.

É difícil tomar decisões em momentos de muita pressão pois a razão e o sentimento nem sempre estão alinhados, os conflitos internos e toda a carga externa apresenta vários cenários e diversas possibilidades que nem sempre parecem adequadas.

O ato de redenção é se desprender do passado e buscar algo novo é ter a coragem de correr atrás quando ninguém mais acredita, é se levantar mil vezes, mas se precisar fazer isso mil e uma, é saber que é possível, ainda que leve tempo.

Sebastian Vettel correu doze vezes em Singapura, venceu cinco delas, bateu três vezes na trave com a segunda posição e terminou uma vez em quinto e outra em sétimo; também teve aquela que ele não completou a prova, mas nem por isso ele deixou de correr no circuito ou de participar de outras provas e isso se replicou em todas as outras provas do calendário…

Tem coisas que fazem parte do que a gente é, dele é a velocidade, a paixão pelas pistas e a incógnita de saber quando a próxima vitória vem, mas ele sabe que ela vem, o motivo disso é a liberdade.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados