Classificação Abu Dhabi – Hamilton surpreende de novo e crava última pole do ano

Sharing is caring!

Na última classificação do ano, que ocorreu hoje (24) no circuito de Yas Marina, em Abu Dhabi, Hamilton surpreendeu mais uma vez neste ano ao faturar a 83ª pole-position anotando 1:34:794. O piloto da Mercedes melhorou sua primeira parcial, mesmo que ainda tenha cometido alguns erros e sofrido com a instabilidade da traseira do seu carro.

Bottas acompanhou o ritmo do seu companheiro de equipe ao anotar 1:34:956, ficando atrás do inglês por apenas 0s162.

Sebastian Vettel também cometeu vários erros na sua volta extravasando os limites da pista que acabaram comprometendo a sua marca. Amanhã o alemão vai largar do terceiro lugar, acompanhado por Kimi Raikkonen.

Ricciardo foi melhor que Verstappen durante a classificação, principalmente no Q2 quando conseguiu um bom tempo com os ultramacios, ficando em em quarto, enquanto o holandês foi apenas o décimo. Durante a última fase da sessão, Ricciardo conseguiu colocar a sua Red Bull em quinto, com Verstappen em sexto.

O único piloto da Haas com bom rendimento foi Grosjean, que ocupou a sétima posição, enquanto Magnussen ficou em décimo terceiro.

Cherles Leclerc merece um destaque à parte, o piloto desafiou os ponteiros durante o Q1 e o Q2, virando melhores parciais e por pouco não tomando a liderança. O maior problema foi que o monegasco perdia tempo no terceiro setor, comprometendo, assim, a sua volta. O oitavo lugar ainda foi um ótimo resultado, já que Leclerc tinha apenas um jogo de hipermacios novos restante quando retornou à pista para o Q3.

Ocon foi mais um piloto a superar o companheiro de equipe, mantendo a constância das três sessões de treinos livres e largando da nona posição. Pérez ficou em décimo quarto. Hulkenberg fechou o top-10, ainda que Carlos Sainz seja o décimo primeiro foram bons os resultados para o time da Renault.

A corrida ocorre amanhã (25), com largada às 11:10 pelo horário de Brasília.

lll Saiba como foi a Classificação

Com o entardecer a temperatura da pista havia caído para 32°C, com 48% de umidade.

lll Q1

 

Assim que a pista foi liberada, os pilotos não perderam tempo para toma-la. Todos investiam na utilização dos hipermacios.

Charles Leclerc era o primeiro a registrar volta no Q1, anotando 1:38:968, mas o tempo do monegasco foi logo superado por Gasly (1:38:707) e Hartley (1:38:713).

Os pilotos da Ferrari fecharam suas voltas pouco depois, o finlandês anotava um bom tempo com 1:37:010, mas Vettel conseguia melhorar as suas parciais e assumir a primeira posição ao marcar 1:36:946.

Separados por menos de um décimo de segundo, Hamilton assumindo o terceiro lugar com 1:37:022. Bottas seguia o companheiro de equipe com 1:37:319. Enquanto isso, os carros da Red Bull estavam aquecendo os seus pneus.

As posições eram: Vettel, Raikkonen, Hamilton, Bottas, Leclerc, Ocon, Pérez, Gasly, Hartley e Ericsson, restavam pouco mais de 8 minutos de sessão.

Sebastian Vettel conseguia melhorar o seu tempo para 1:36:775, Ricciardo passou a ser o quarto colocado (1:37:117), seguido por Verstappen com 1:37:195.

Os eliminados, restando cinco minutos para o término era: Magnussen, Ericsson, Vandoorne, Sirotkin, Stroll. Os pilotos retornavam para os boxes, para realizar a troca dos compostos, visando mais uma volta rápida no circuito.

Com cinco voltas do composto, Bottas anotava 1:36:789, seguido por Hamilton que conseguia melhorar para 1:36:828.

Charles Leclerc surpreendia, conseguindo superar o primeiro e o segundo setor de Sebastian Vettel, mas acabou perdendo tempo no terceiro. O piloto da Sauber passava a ser o sétimo colocado com 1:37:255.

Ocon conseguia melhorar para se tornar o quarto colocado. Alonso se salvava da eliminação, ao se tornar o décimo quarto.

Hartley encostava o carro, após o motor soltar uma fumaça.

lll Eliminados

16) Brendon Hartley 1:37:994

17) Pierre Gasly 1:38:166

18) Stoffel Vandoorne 1:38:577

19) Sergey Sirotkin 1:38:636

20) Lance Stroll 1:38:682

 

lll Q2

 

Para a segunda fase da sessão, as duplas da Ferrari, Mercedes e Red Bull, passaram a utilizar os compostos ultramacios.

Hamilton assumia a ponta com 1:35:639, com Bottas seguindo o companheiro de equipe, separados por 0s699. Raikkonen era o terceiro (1:36:735), com Vettel em quarto com 1:36:751. O alemão havia avançado na zebra e se encontrou com um piloto que estava mais lento, prejudicando um pouco a sua volta.

 

Restando sete minutos para o término da sessão, as posições eram: Hamilton, Bottas, Raikkonen, Vettel, Ricciardo, Sainz, Leclerc, Grosjean, Hulkenberg e Magnussen.

A dupla da Racing Point Force India, fora enviada para a pista com os compostos ultramacios, mas ocupava apenas o décimo terceiro e o décimo quarto lugar, com Ocon e Pérez. Verstappen ao fechar a sua volta era apenas o décimo colocado.

Os pilotos retornavam aos boxes para as trocas de compostos e mais uma tentativa de chagar ao Q3.

Com exceção de Sebastian Vettel, todos estavam com os hipermacios instalados. Restavam pouco mais de dois minutos quando os pilotos voltaram para a pista.

Com uma boa posição, Leclerc subia para o terceiro lugar ao anotar 1:36:580, sendo seguido por Hulkenberg.

Ao fecharem suas voltas, Verstappen conseguia subir a segunda posição com 1:36:144. Vettel com os ultramacios, melhorava a sua marca para 1:36:345.  Raikkonen ficava apenas em oitavo e Ricciardo em décimo.

lll Eliminados

11) Carlos Sainz 1:36:982

12) Charles Leclerc 1:37:132

13) Kevin Magnussen 1:37:309

14) Sergio Pérez 1:37:541

15) Fernando Alonso 1:37:743

 

lll Q3

 

Para a última definição do ano, todos os pilotos utilizaram os compostos hipermacios, no entanto Leclerc e Ocon eram os únicos com os compostos de três voltas.

Hamilton cometia um pequeno erro, mas conseguia cravar 1:35:295, garantindo a pole ainda que momentaneamente. Bottas acompanhava o companheiro de equipe ao anotar (1:35:419), seguido por Ricciardo.

Raikkonen e Vettel fecharam as suas voltas pouco depois. O finlandês passou a ser o quinto colocado com 1:35:511, realizando apenas uma boa parcial no segundo setor. Vettel também cometera um erro em seu giro, mas conseguia encaixar uma boa segunda volta ao anotar 1:35:352.

Com pouco mais de três minutos, os pilotos retornaram para a pista com novos jogos de hipermacios, bem como Leclerc e Ocon com o seu único jogo novo do composto mais veloz do final de semana.

Hamilton conseguiu  melhorar seu tempo para 1:34:794 e Bottas não conseguia bater o companheiro, anotando 1:34:794.

Sebastian Vettel concluía a sua volta em terceiro com 1:35:125, cometendo alguns erros durante o seu giro. Raikkonen passava a ser o quarto colocado, seguido por Ricciardo. Leclerc conseguia se garantir em oitavo a frente de Ocon e Hulkenberg.

 

Foto de Capa: @MercedesAMGF1

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

3 comentários em “Classificação Abu Dhabi – Hamilton surpreende de novo e crava última pole do ano

Deixe uma resposta

shares