ColunistaFórmula 1Post

Verstappen supera Hamilton nos últimos minutos do TL3 na Espanha

Com Verstappen encaixando um bom resultado, disputa pela pole promete ser bem acirrada entre Hamilton e o holandês da Red Bull

A disputa pela pole neste sábado (08) promete ser ainda mais acirrada, principalmente após Max Verstappen superar Lewis Hamilton durante este TL3. O holandês fechou a atividade com 1m17s835, separado do inglês por 0s235. O piloto da Red Bull precisou ter mais atenção com os seus pneus, principalmente para fechar está volta.

Destaque para a equipe da Ferrari que segue figurando nas primeiras posições, Charles Leclerc foi o terceiro colocado, acompanhado por Carlos Sainz. Valtteri Bottas foi empurrado para a quinta posição, seguido por Lando Norris da McLaren. Pierre Gasly assumiu o sétimo lugar no final da sessão, superando Daniel Ricciardo em oitavo.

A Alfa Romeo conseguiu encaixar um dos carros na nona posição, com Kimi Raikkonen, enquanto Sergio Pérez foi o décimo colocado. Em algumas equipes a diferença entre os companheiros de equipe acaba chamando a atenção.

Às 10h os times partem para a realização da classificação para o GP da Espanha.

Saiba como foi o Terceiro Treino Livre

Quando atividade começou, a pista estava na casa dos 38°C, com 24°C no ambiente.

Os boxes foram liberados, mas levou cerca de cinco minutos até o primeiro piloto partir para a pista, Fernando Alonso estava testando os pneus médios sozinho no circuito. O piloto da Alpine registrou 1m21s020 em sua primeira volta cronometrada. O espanhol falava sobre a falta de aderência e que isso estava dificultando para conseguir encaixar uma boa volta no circuito.

Com mais de dez minutos de sessão, outros pilotos foram liberados para o circuito, Sergio Pérez anotou 1m20s388 também utilizando os pneus médios, com Daniel Ricciardo se encaixando na segunda posição com 1m20s583, também com os pneus de faixa amarela.

A dupla da Alfa Romeo foi liberada com os pneus macios, assim como a dupla da Haas. Desta forma Antonio Giovinazzi assumiu a liderança da sessão após anotar 1m19s368, acompanhado por Kimi Raikkonen com 1m19s732, pouco depois a dupla retornou para os boxes.

Charles Leclerc que também estava utilizando os pneus macios, reduziu o tempo cronometrado pelo italiano e anotou 1m18s997, enquanto Carlos Sainz era o quinto colocado com 1m19s789, também optando pelos pneus de faixa vermelha.

Com quase meia hora de atividade, a pista ficou mais movimentada, com vários pilotos no circuito aferindo voltas rápidas, neste momento Valtteri Bottas assumiu a liderança com 1m18s423 e Max Verstappen assumiu a segunda posição com 1m18s630. A dupla da Ferrari estava ocupando o terceiro e o quarto lugar com Leclerc e Sainz.

Não demorou para Lewis Hamilton cravar o seu primeiro tempo cronometrado e superar Bottas, após anotar 1m18s304.

A atividade estava bem movimentada, George Russell saltou para a nona posição quando registrou 1m19s598. Com a conclusão da primeira meia hora de atividade, os dez primeiros eram: Hamilton, Bottas, Verstappen, Leclerc, Sainz, Giovinazzi, Gasly, Pérez, Russell e Norris.

Hamilton melhorou ainda mais a sua marca, anotando 1m18s117. Fernando Alonso foi empurrado para a penúltima posição, ocupando o décimo nono lugar.

Nos últimos vinte minutos, alguns pilotos retornavam para o circuito com os pneus macios, como a dupla da Ferrari que seguia investindo na utilização deste composto, Charles Leclerc assumiu a segunda posição com 1m18s308, com Sainz na terceira posição.

Kimi Raikkonen conseguiu uma boa volta com a Alfa Romeo, onde o finlandês era o quinto colocado, após dominar o primeiro setor da pista, ele anotou 1m18s597. Destaque para a dupla da Williams, Russell era o sétimo colocado, com Latifi na nona posição.

Os tempos começaram a reduzir, Hamilton seguia na ponta, mas ainda com 1m18s117 aferido ainda na primeira metade da sessão.

Kimi Raikkonen acabou escapando do circuito e ficou com o pneu traseiro esquerdo furado, precisando retornar para os boxes pouco depois. Lando Norris acabou extravasando os limites na curva 10 e foi parar na brita.

Os dez últimos minutos de atividade foram agitados, Verstappen que ocupava a nona posição, assumiu o primeiro lugar com 1m17s835, enquanto Hamilton melhorou o seu tempo para 1m18s070. Fernando Alonso estava no décimo lugar com 1m18s662.

Nos últimos cinco minutos, os dez primeiros eram: Verstappen, Hamilton, Leclerc, Sainz, Bottas, Norris, Ricciardo, Raikkonen, Pérez e Alonso.

Pierre Gasly melhorou a sua volta e se encaixou entre a dupla da McLaren para ficar com o sétimo lugar.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados