Fórmula 1

PT2.Ep.3 – Bottas em alta e laranja despenca!

Se as flechas de prata pareciam tímidas nos treinos da terça-feira, hoje (8) as coisas foram bem diferentes. Valtteri Bottas voou e acabou quebrando o seu próprio recorde fazendo 1:19:310 com pneus supermacios, quebrando o próprio recorde que havia sido estabelecido no terceiro dia de testes, quando o finlandês marcou 1:19:705 com os pneus ultramacios. O brasileiro Felipe Massa obteve o segundo melhor tempo, marcando 1:19:420 de pneus ultramacios, o tempo de Massa passa a ser relevante pois foi a melhor marca que ele conseguiu durante essa pré-temporada. Kimi Raikkonen ficou com o terceiro lugar ao cravar 1:20:406, acabou dando apenas 39 voltas na pista na parte da manhã, pois enfrentou problemas com o sistema de fluidos do carro.

No treino realizado na parte da tarde, as equipes deram prioridade a quilometragem rodada, ao invés da velocidade e da melhora dos seus tempos que foram obtidos no treino da manhã, portanto Vatteri Bottas se manteve no topo da tabela.

Lance Stroll era o nome mais comentado do dia, devido aos problemas que enfrentou na semana passada, algumas pessoas esperavam ver o jovem piloto perder o carro, mas ele seguiu bem no treino de hoje, deu 59 voltas na pista e fez o quinto melhor tempo 1:20:579, usando os pneus ultramacios na manhã, porém rodava com o tanque cheio do carro. A tarde o jovem piloto da equipe retornou para a pista e terminou o treino totalizando 79 voltas. Lewis Hamilton também foi para a pista no treino da tarde, mas não foi tão veloz quando o seu companheiro, o melhor tempo foi obtido com pneus macios 1:20:702, Hamilton até fez o uso dos pneus ultramacios porém estava com o tanque cheio do carro. A Haas também adotou o mesmo método e ficou apenas em décimo 1:21:887.

| Problemas do Dia

Kimi Raikonen acabou dando poucas voltas na parte da manhã, devido ao problema que no sistema de fluidos do carro, porém na sessão da tarde, o finlandês acabou rodando na curva 3 e batendo o carro em uma barreira de pneus, danificando a asa dianteira esquerda do carro, foi um dano leve, porém acabou afetando o dia de testes.

A McLaren e a RedBull precisaram efetuar uma troca de motor, o que interferiu no treino da tarde. Max Vestappen, poucos minutos para o termino da sessão começou a ficar lento na pista após passar das 100 voltas. Marcus Ericsson também enfrentou problemas com a Sauber e acabou quebrando nos minutos finais.

Temos mais dois dias de sessão pela frente e parece que as coisas só estão indo ladeira a baixo para a McLaren. Vamos ficar de olho no rendimento da equipe nos próximos dias.

https://twitter.com/F1/status/839479814146908160

 

Fonte: @F1
Fonte: @F1
Fonte: @F1
Fonte: @Circuit BCN-CAT

Etiquetas
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Fechar