ColunistaFórmula 1Post

McLaren e Ferrari, a disputa pelo terceiro lugar no campeonato de construtores

Com o crescimento da Ferrari e a queda da Aston Martin e Alpine, McLaren disputa terceira posição do campeonato com o time italiano

A velha rivalidade volta a chamar atenção no campeonato de construtores – McLaren e Ferrari estão brigando pelo terceiro lugar – equipes que após o GP da Espanha estão separadas por apenas cinco pontos.

A disputa nas pistas está cada vez mais intensa, as duas equipes contam com novos pilotos, Carlos Sainz deixou a McLaren para correr na Ferrari, enquanto Daniel Ricciardo optou justamente pela McLaren, após fazer duas temporadas com a Renault. Dois times que tem pilotos em fase de adaptação, mas Sainz parece estar mais confortável em seu carro, ainda que o australiano esteja ocupando a sétima posição do campeonato de pilotos com 24 pontos, enquanto o espanhol conta com 20.

Ricciardo pontuou em todas as pistas até agora, enquanto Sainz deixou Portugal zerado. Velhos conhecidos, que voltam a se enfrentar em lados opostos.

Foto: reprodução McLaren

Após o 2020 desastroso da Ferrari, o time italiano se recupera no campeonato de construtores e aproveita a queda de Alpine e Aston Martin para ganhar terreno. Era até difícil imaginar que uma recuperação tão grande da Ferrari, mas em contrapartida, também não era esperada uma queda tão acentuada dos times que rivalizaram com a McLaren o terceiro lugar do campeonato de construtores na temporada passada.

Depois do GP da Espanha, a Ferrari se coloca como uma forte candidata para ocupar o terceiro lugar do campeonato, prometendo travar uma grande disputa neste ano. E como a pista da Espanha acaba sendo o reflexo para outras provas do ano, Charles Leclerc terminou o GP na quarta posição, com Carlos Sainz em sétimo, mas entre eles Daniel Ricciardo fechou a proa em P6. Em 2020 a Ferrari não teve um bom desempenho na pista, desta forma o progresso fica de fato confirmado com a prova do último fim de semana.

Ainda com estes comentários sobre os pilotos, é importante lembrar que Charles Leclerc conta com dois P4, rivalizando diretamente com outro piloto da McLaren, Lando Norris somou 41 pontos até agora, ocupando a quarta posição no campeonato – o piloto da McLaren tem o P3 da corrida disputada em Ímola – Leclerc aparece logo atrás com 40 pontos.

A Ferrari mostra que está progredindo, principalmente em ritmo de corrida, conseguindo se manter constante nos resultados obtidos. Eles já abriram o campeonato na quarta posição, após o GP de Portugal estavam separados por 11 pontos da McLaren e conseguiram se recuperar na Espanha, reduzindo a diferença para 5 pontos (a menor até o momento).

Foto: reprodução McLaren

Falando sobre a última corrida, Ricciardo ressaltou a familiaridade com a última pista, algo muito bom para ele, um circuito que é bem conhecido pelos pilotos que acaba contribuindo para a confiança. Nesta prova o australiano superou o companheiro de equipe na classificação e na corrida, pela primeira vez desde que assumiu o assento na McLaren. O resultado é animador, principalmente que a próxima batalha é em Mônaco, onde ele venceu em 2018.

LEIA MAIS: Cinco pontos sobre o GP da Espanha

Lando Norris tem se aproveitado do período de adaptação do companheiro de equipe para ter bons resultados, principalmente por estar em uma equipe que o conhece tão bem. Norris foi prejudicado por Nikita Mazepin na Espanha, não conseguiu uma posição tão boa para a largada, mas fechou em P8, dentro do top-10.

Charles Leclerc é um piloto que o time confia plenamente, já provou de várias formas o seu valor. Carlos Sainz está mostrando que está alçando a velocidade com o SF21, além de tentar entregar resultados mais próximos aos obtidos pelo companheiro de equipe.

A McLaren deve vivenciar mais uma disputa interessante neste ano, como em 2020, onde todos os pontos são essenciais para manter o terceiro lugar do campeonato em suas mãos. Não duvido que ao longo das próximas etapas, tanto os pilotos, como as equipes, vão vicenciar a troca das posições no campeonato. É aquela velha história, quem acertar mais vezes, fica com a melhor posição.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Aproveite para escutar o nosso podcast sobre o GP da Espanha! 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados