ColunistaDestaquesExtreme EPostRally

Extreme E revela formato que será utilizado, uma mistura de Star Wars e Rally Dakar

O Extreme E divulgou o formato que vai utilizar para as cinco etapas da competição que tem início em 2021.

As equipes vão precisar contar com duplas mistas e para completar as duas voltas de cada corrida X Prix, com cerca de 16km cada, os pilotos vão ter que se revezar para completá-las. A competição de rali elétrico esta se descrevendo com uma corrida de Pods de Star Wars e o Rally Dakar.

Foto: reprodução Extreme E

Para a classificação que ocorrerá no primeiro dia, os quatro melhores times passarão para a semifinal 1 e os quatro piores vão para a semifinal 2: a Crazy Race.

Na Crazy Race, parte mata-a-mata determinará o mais rápido vai estar garantido para a final, enquanto a primeira semifinal vai classificar os três melhores. A final será disputada pelos quatro melhores que passarem pela semifinal, coroando o vencedor de cada uma das etapas.

Foto: reprodução Extreme E

Eles também anunciaram o recurso do Hyperdrive, onde a equipe vai receber um aumento de velocidade que poderá ser utilizado em qualquer momento da prova. Ele vai ser entregue para a equipe que fizer o melhor salto no início de cada corrida.

Este formato apresentado pode ser adaptado se eles tiverem mais equipes participando do evento, por enquanto eles montaram os dados que já possuem.

As equipes estão livres para montar as suas estratégias determinando qual piloto vai começar a prova. Eles precisam saber que durante o percurso será encontrado saltos, declives extremos, dunas, dentre outros obstáculos pois os terrenos escolhidos têm os desafios mais diversos.

“A criação deste formato esportivo inovador, que estamos comparando com o Star Wars e o Dakar Rally, é vital para envolver a próxima geração de fãs do automobilismo. Esperamos que nossos fãs gostem das corridas curtas e acirradas em nosso veículo elétrico de alto desempenho, troca de pilotos, o recurso Hyperdrive e o formato de classificação Crazy Race. Há muito para se ver e grandes chances de as posições mudarem a cada prova, nossas corridas realmente vão direto ao ponto.”, disse Alejandro Agrag, fundador e CEO do Extreme E.

As provas vão ser realizadas em: Senegal, Arábia Saudita, Nepal, Groenlândia e Pará, na região norte do Brasil.

Etiquetas
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Fechar