ColunistaPostStock Car

Em abertura do campeonato, Cacá Bueno crava pole em Goiânia e mostra bom desempenho

Cacá Bueno, piloto da Crown Racing mostrou muita força durante a classificação e após imprimir ritmo forte, conquistou a pole para a 1ª etapa

A Stock Car está iniciando o campeonato de 2021 em Goiânia com 32 pilotos – a temporada conta com o grid completo permitido pelo regulamento.  Os modelos Toyota Corolla e Chevrolet Cruze são os carros utilizados pela categoria neste ano, após a introdução dos novos modelos em 2020.

Três anos após a última pole, Cacá Bueno anotou 1m26s863 e vai largar da pole na primeira etapa da Stock Car. O piloto está muito confiante com o carro da Crown Racing e agora volta como um forte candidato para o campeonato, principalmente após anos tão difíceis na categoria. Agora com a confiança retomada, o piloto que já é pentacampeão na Stock Car, ganhou dois pontos com a conquista da pole.

Cacá Bueno – Foto: reprodução Stock Car

Pelos treinos livres foi possível observar a proximidade entre os competidores, provando mais uma que a categoria segue sendo muito competitiva. Allam Khodair, piloto da Blau Motorsport liderou a primeira atividade (1m27s205), enquanto Cacá Bueno foi o líder da segunda atividade anotando 1m26s901.

Q1

Quando os boxes foram abertos para o primeiro grupo participar do Q1, a temperatura ambiente estava na casa dos 29°C.

O primeiro grupo contou com catorze pilotos: Rubens Barrichello, Rafael Suzuki, Diego Nunes, Allam Khodair, Ricardo Maurício, Átila Abreu, Cesar Ramos, Guilherme Salas, Bruno Baptista, Gabriel Casagrande, Ricardo Zonta, Julio Campos, Thiago Camilo e Daniel Serra.

Restando cerca de 2 minutos para o encerramento da sessão, os tempos começaram a aparecer. Barrichello anotou 1m30s283, acompanhado por Suzuki. Na segunda volta cronometrada os tempos começaram a despencar, Allam Khodair anotou 1m26s835, mas Ricardo Maurício conseguiu superar o piloto da Blau Motorsport após anotar 1m26s692.

Daniel Serra cravou a ponta para a Eurofarma quando anotou 1m26s652, com tempos bem próximos. Os quatro primeiros carros eram Chevrolet Cruze.

Resultado conquista pelo primeiro grupo no Q1 – Foto: reprodução

O segundo grupo entrou pouco depois na pista com 18 participantes: Nelson Piquet Jr, Cacá Bueno, Denis Navarro, Guga Lima, Gaetano di Mauro, Lucas Foresti, Christian Hahn, Galid Osman, Pedro Cardoso, Tony Kanaan, Tuca Antoniazi, Max Wilson, Sergio Jimenez, Marcos Gosmes, Gustavo Frigotto, Beto Monteiro, Felipe Massa e Felipe Lapenna.

Assim que os boxes foram liberados, Antoniazi, piloto da Hot Car, partiu para a pista.

Marcos Gomes acabou perdendo a traseira do carro, mas conseguiu retornar ao circuito.

As voltas rápidas do grupo dois demoraram para aparecer, mas Gaetano di Mauro foi o primeiro a invadir os tempos estabelecidos pelo grupo 1, saltando para a oitava posição com 1m27s025, enquanto Cacá Bueno era o quinto colocado com 1m26s938.

Pedro Cardoso foi outro piloto que acabou extravasando os limites de pista. Quando ele retornou para a pista,  Beto Monteiro estava em volta de desaceleração, Frigotto também estava perto deles, a ação estava sendo investigada pelos comissários.

Denis Navarro obteve a décima terceira posição com 1m27s264.

Gustavo Frigotto foi o 30º colocado com a RKL Competições, anotando 1m28s626, o piloto é estreante na Stock Car e disputou a Stock Light no último ano.

Piquet Jr não participou da classificação pois o seu carro apresentou um problema na embreagem. 

Resultado conquistado pelo segundo grupo no Q1 – Foto: reprodução
Resultado conquistado pelo segundo grupo no Q1 – Foto: reprodução

Q2

A segunda parte da classificação foi disputada entre os 15 pilotos que tiveram o melhor resultado no Q1. Nove carros eram Chevrolet Cruze, contra seis Toyota Corolla.

Cacá Bueno estava apresentando uma boa performance com a Crown Racing, anotando 1m26s900, seguido por Daniel Serra com 1m26s933, com Allam Khodair que anotou 1m26s980, enquanto Ricardo Maurício tinha anotado 1m27s050.

Eles definiram os seis melhores que tiveram a chance de disputar a super pole. O Cruze ainda dominou a segunda parte da sessão, onde os quatro primeiros carros eram da Chevrolet.

Guilherme Salas e Rubens Barrichello estavam sendo investigados. 

Q2 disputado com 15 pilotos, para definir os seis melhores – Foto: reprodução

Q3

Rapidamente os cinco pilotos foram para a pista, aquecendo os pneus para buscar a melhor volta. Bruno Baptista demorou um pouco mais para deixar os boxes.

Khodair foi o primeiro a registrar tempo com 1m26s915 – resultado muito bom nos dois primeiros setores da pista, mas rapidamente foi superado, Cacá Bueno assumiu a liderança com 1m26s863, acompanhado por Daniel Serra, separados por apenas 0s005. Ricardo Maurício levou o carro da Eurofarma para a terceira posição com 1m26s903 mostrando mais uma vez a força da equipe.

Cacá Bueno cravou a 38ª pole da carreira, começando o ano com um desempenho muito forte, demonstrando muita confiança com a Crown Racing.

Definição da Pole – Foto: reprodução

Confira a entrevista com Gustavo Frigotto

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados