ColunistaFórmula 1

Treino Classificatório para o GP da China de Fórmula 1 de 2017

Desde o terceiro treino livre, a Ferrari se mostrava a favorita para marcar a pole do Grande Prêmio da China. Também durante o Q1 e o Q2 a equipe se mantinha na ponta, porém no Q3 Lewis Hamilton quando foi para a pista, fez o seu primeiro tempo na casa de 1:31, já abaixo do que a Ferrari havia conseguido nas duas partes da sessão e ainda em uma volta que não era perfeita, pois o piloto teve que dar uma concertada no carro, pois quase perdeu ele. Ainda não satisfeito, conseguiu depois da bandeira quadriculada, melhorar o seu tempo mais ainda, para 1:31:678. Sebastian Vettel da Ferrari, colocou o seu carro, entre a dupla da Mercedes, com apenas um décimo de diferença para Valtteri Bottas. Kimi Raikkonen ficou com o quarto lugar.

| Q1

Durante o Q1, Sebastian Vettel quando foi para a pista estava de pneus macios e marcou 1:33:078, já Lewis Hamilton estava com pneus super macios e era 225s mais lento. Kimi Raikkonen com os mesmos jogos de pneus do companheiro, se saia melhor que Valtteri Bottas. Max Verstappen, piloto da Red Bull Racing, já reclamava de problemas no carro, a equipe acabou pedindo para ele retornar aos boxes, mas antes de conseguir se encaminhar até ela, foi chamado para fazer uma pesagem do carro. Já faltava pouco menos de seis minutos para o final daquela sessão. O seu carro acabou apresentando problemas no software da unidade de potência., Max ainda voltou para a pista, mais foi atrapalhado pela bandeira amarela, ocasionada pelo carro da Sauber e não foi capaz de melhorar o seu tempo. Antonio Giovinazzi que está correndo novamente no lugar de Pascal Wehrlein, havia conseguido o décimo quinto melhor tempo, e estava dentro do Q2, mas na sua última volta rápida, acabou rodando na pista e batendo forte, os danos causados no carro, não erram passíveis de concerto rápido, e o Italiano não conseguiu participar da segunda sessão.

Eliminados do Q1:

16º – Stoffel Vandoorne (McLaren)

17º – Romain Grosjean (Haas)

18º – Jolyon Palmer (Renault)

19º – Max Verstappen (RBR)

20º – Esteban Ocon (Force India)

Fonte: @F1

| Q2

A sessão demorou 10 minutos para começar, já que era necessário remover o carro da Sauber e também fazer a limpeza do local. Os pilotos optaram por entrar na pista com pneus super macios e no final da sessão Kimi Raikkonen, superava o seu companheiro de equipe. O terceiro e o quarto lugar, era ocupado pela dupla da Mercedes. Lance Stroll já se mostrava mais confiante com o carro, e conseguia colocar a sua Williams entre os dez primeiros. Mas Felipe Massa se saiu melhor que Stroll no Q2, assumindo a sétima posição. Outro destaque, foi ver Nico Hulkenberg colocar a sua Renault em sexto lugar. A Red Bull ficou com o quinto lugar nessa etapa, e não se mostrou uma ameaça para a Ferrari e a Mercedes.

Eliminados do Q2:

11º – Carlos Sainz (STR)

12º – Kevin Magnussen (Haas)

13º – Fernando Alonso (McLaren)

14º – Marcus Ericsson (Sauber)

15º – Antonio Giovinazzi (Sauber)

| Q3

A Ferrari não foi capaz de liderar a terceira parte da sessão, e fui superada por Lewis Hamilton da Mercedes, que assumia a ponta e marcava a sua 63° pole. O grid para a corrida, pelo menos dos 4 carros que assumem a primeira e a segunda fila, permanece igual ao do Grande Prêmio em Melbourne. A dúvida que fica é, será que a Ferrari vai conseguir acertar novamente na estratégia e assumir a ponta com dos seus dois pilotos? Tanto Vettel como Raikkonen tem um histórico bom na China, e a equipe está se mostrando muito competitiva e capaz. A Red Bull parece estar fragilizada e deve sofrer com as longas retas presentes nessa corrida.

Fonte: @F1

Durante o Q1 após a batida de Antonio Giovinazzi, direção de prova acionou a Bandeira Amarela, mas Romain Grosjean e Jolyon Palmer não respeitaram o aviso, e os dois foram punidos com a perda de cinco posições no Grid de largada. Com isso Max Verstappen e Esteban Ocon, ganham duas posições.

Fonte: @F1

https://twitter.com/F1/status/850687912601559040

https://twitter.com/F1/status/850668799107911680

Fonte: @F1
Fonte: @F1
Fonte: @F1
Fonte: @F1
Fonte: @F1
Fonte: @F1
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados