AutomobilismoColunistaStock Car

Treino Classificatório para a Etapa de Goiânia da Stock Car 2017

Liderando os treinos livres em Goiânia a equipe Eurofarma estava no caminho certo para conquistar a primeira pole position, da temporada 2017 na Stock Car. Assumindo a primeira fila na prova que vai acontecer amanhã (2), no autódromo internacional Ayrton Senna, a dupla da Eurofarma, composta por Daniel Serra e Max Wilson, já começa liderando a corrida. Daniel Serra cravou a pole com o tempo de 1:24:332 e o seu companheiro de equipe marcou 1:24:754.

Felipe Fraga o atual campeão da categoria do automobilismo brasileiro, vai largar na décima posição, seu tempo no Q2 foi 1:24:906, pela equipe Cimed Racing Team.

| Q1

Na primeira parte da classificação, os pilotos foram divididos em dois grupos, compostos de 15 participantes. Desde a primeira parte, Daniel Serra já era destaque. O tempo de duração do Q1 foi de 10 minutos, 5 minutos para cada equipe, dando uma volta de aquecimento e apenas uma para marcar o tempo. Com o espaço muito limitado e vários competidores na pista de uma só vez, ficava bem complicado de obter uma volta rápida. Os eliminados da segunda parte dos treinos foram:

16º – 25 Tuka Rocha (RCM Motorsport) – 1:25.172

17º – 12 Lucas Foresti (Full Time Academy) – 1:25.204

18º – 5 Denis Navarro (Cimed Racing) – 1:25.228

19º – 44 Betinho Valério (Full Time Bassani) – 1:25.242

20º – 8 Rafael Suzuki (Cavaleiro Sports) – 1:25.310

21º – 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) – 1:25.330

22º – 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Sports) – 1:25.330

23º – 73 Sergio Jimenez (Bardahl Hot Car) – 1:25.342

24º – 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – 1:25.433

25º – 117 Guilherme Salas (Vogel Motorsport) – 1:25.446

26º – 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) – 1:25.514

27º – 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) – 1:25.550

28º – 3 Bia Figueiredo (Full Time Academy) – 1:25.629

29º – 9 Guga Lima (Bardahl Hot Car) – 1:25.898

30º – 31 Marcio Campos (Blau Motorsport) – 1:26.322

| Q2

Na segunda parte dos treinos, Daniel Serra ainda era o líder, conseguindo conservar os pneus, que também seriam utilizados durante o Q3.  Os eliminados do Q2 foram:

– 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – 1:24.796

– 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – 1:24.815

– 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – 1:24.816

10º – 88 Felipe Fraga (Cimed Racing) – 1:24.906

11º – 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) – 1:24.949

12º – 111 Rubens Barrichello (Full Times Sports) – 1:25.005

13º – 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – 1:25.025

14º – 18 Allam Khodair (Full Times Sports) – 1:25.056

15º – 0 Cacá Bueno (Cimed Racing) – 1:25.296

| Q3

Os seis melhores pilotos foram a pista separadamente, em uma volta lançada e com pneus mais desgastados em busca do melhor tempo. Max Wilson conseguiu se manter na pole até o seu companheiro Daniel Serra, entrar na pista, com um sorriso apreensivo e com a expectativa alta até o momento da bandeirada final. A definição das seis primeiras colocações ficou assim:

1º – 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) – 1:24.332

– 65 Max Wilson (RCM Motorsport) – 1:24.754

– 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – 1:24.774

– 28 Galid Osman (Ipiranga Racing) – 1:24.877

– 51 Átila Abreu (Shell Racing) – 1:25.244

– 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) – 1:26.331

https://twitter.com/fredlcg/status/848311448396869632

https://twitter.com/fredlcg/status/848321509244514307

Fonte @Stock_Car
Fonte @Stock_Car
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo