Review Etapa de Goiânia da Stock Car 2017

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×
| Primeira Corrida em Goiânia da Stock Car
Foto: Fernanda Freixosa/Vicar
O carro que se mostrou confiante durante todo o final de semana em Goiânia, da Eurofarma de Daniel Serra, não decepcionou na primeira prova que foi realizada no autódromo Ayrton Senna, neste domingo (2) e chegou em primeiro lugar. Seguido por Thiago Camilo, da Ipiranga Racing e Max Wilson da RCM Motorsport, completaram o grid nas melhores posições. 
Daniel Serra conseguiu manter a liderança na largada e abrir vantagem sobre Wilson, que acabou perdendo o segundo lugar para Thiago Camilo na janela de reabastecimento e troca de pneus, após o rápido trabalho realizado pela equipe Ipiranga Racing. Mesmo sendo ameaçado por Camilo, Serra conseguiu  manter a performance até a bandeirada final.
| Vejam também:
A corrida também foi marcada por um acidente envolvendo oito pilotos logo na primeira volta. O carro de Marcos Gomes, da Cimed Racing, rodou na pista e provocou uma série de batidas que retirando alguns pilotos da corrida. Rubens Barrichello foi um dos prejudicados com a colisão, e acabou retornando para a pista, depois que a equipe fez alguns ajustes no carro, apenas para o ver o rendimento e esperar a próxima prova do dia. 
| Veja como ficou o resultado final da primeira bateria da Stock Car:
1º 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) 
2º 21 Thiago Camilo ( Ipiranga Racing) – a 1s291
3º 65 Max Wilson (RCM Motorsport) – a 3s720
4º 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 3s.915
5º 51 Átila Abreu (Shell Racing) – a 17s779
6º 28 Galid Osman (Ipiranga Racing) – a 19s027
7º 0 Cacá Bueno (Cimed Racing) – a 23s370
8º 88 Felipe Fraga (Cimed Racing Team) – a 24s520
9º 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) – a 25s893
10º 25 Tuka Rocha (RCM Motorsport) – a 27s847
11º 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) – a 30s336
12º 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Motorsport) – a 31s551
13º 8 Rafael Suzuki (Cavaleiro Motorsport) – a 33s945
14º 117 Guilherme Salas (Vogel Motorsport) – a 36s.01
15º 12 Lucas Foresti (Full Time Academy) – a 36s315
16º 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 36s709
17º 80 Marcos Gomes (Cimed Racing ) – a 39s810
18º 73 Sergio Jimenez (Bardahl Hot Car) – a 41s.504
19º 44 Betinho Valério (Full Time Bassani) – a 47s210
20º 9 Guga Lima (Bardahl Hot Car) – a 52s.372
21º 31 Marcio Campos (Blau Motorsport) – 1 volta 
22º 5 Denis Navarro (Cimed Racing Team) – 1 volta 
23º 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – a 2 voltas 
24º 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 18 voltas 
25º 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 20 voltas
26º 3 Bia Figueiredo Full Time Academy – a 22 voltas 
27º 18 Allam Khodair Full Time Sports 22 voltas 
28º 1 Antonio Pizzonia Prati-Donaduzzi Racing – a 22 voltas 
29º 83 Gabriel Casagrande Vogel Motorsport – a 24 voltas
30º 4 Julio Campos Prati-Donaduzzi Racing
| Segunda Bateria:
Foto: Duda Bairros/Vicar
Na segunda bateria realizada com o grid invertido (somente os 10 primeiros colocados trocam de posição) a equipe Shell Racing conseguiu uma dobradinha com Ricardo Zonta em primeiro e Átila Abreu em segundo. Zonta largou da 25ª posição ao abandonar na primeira prova, conseguiu segurar muito bem as investidas do seu companheiro, ”lucrando” com os pneus mais conservados  e com um maior número de botões de ultrapassagens disponíveis para conquistar a vitória.  
Os pilotos chegaram a trocar de posição durante a corrida, e Átila Abreu assumiu a ponta quando Felipe Fraga da Cimed Racing, acabou rodando na pista, mas foi ultrapassado pelo companheiro na parada para reabastecimento e troca dos pneus. 
Max Wilson que chegou em terceiro lugar nas duas provas, é o vice-líder do campeonato, com apenas um ponto de diferença para Daniel Serra. Se a Stock Car também tivesse, assim como na Fórmula 1 a escolha de um piloto do dia, sem duvidas seria Max Wilson. 
| Resultados: 
1º 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) 
2º 51 Átila Abreu (Shell Racing) – a 2s968
3º 65 Max Wilson RCM Motorsport – a 5s252
4º 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 7s799
5º 5 Denis Navarro (Cimed Racing Team) – a 11s042
6º 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) – a 14s838
7º 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 15s227
8º 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – a 18s953
9º 0 Cacá Bueno (Cimed Racing) – a 21s877
10º 88 Felipe Fraga (Cimed Racing Team) – a 23s497
11º 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – a 23s786
12º 8 Rafael Suzuki (Cavaleiro Motorsport) – a 24s828
13º 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) – a 24s846
14º 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) – a 25s886
15º 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 26s388
16º 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – a 32s357
17º 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 35s491
18º 25 Tuka Rocha (RCM Motorsport) a 35s736
19º 12 Lucas Foresti (Full Time Academy) – a 44s578
20º 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) a 1 volta. 
21º 44 Betinho Valério (Full Time Bassani) – a 2 voltas. 
22º 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) a 4 voltas 
23º 28 Galid Osman (Ipiranga Racing) – a 10 voltas 
24º 73 Sergio Jimenez (Bardahl Hot Car) a 17 voltas 
25º 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Motorsport) – a 20 voltas 
26º 31 Marcio Campos (Blau Motorsport) – a 23 voltas 
27º 3 Bia Figueiredo (Full Time Academy) – a 23 voltas 
28º 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) – a 23 voltas 
29º 9 Guga Lima (Bardahl Hot Car) – a 25 voltas 
30º 117 Guilherme Salas (Vogel Motorsport) – a 25 voltas
A próxima etapa da Stock Car será realizada no Velopark, no dia 23 de Abril.
Fonte: @Stock Car
Fonte: @Stock Car
Foto: Duda Bairros/Vicar

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.

You May Also Like

%d blogueiros gostam disto: