ColunistaFórmula 1Post

Sobre último pit stop de Verstappen, Horner aponta: “Não há garantia de que ele teria chegado ao fim da corrida”

Hamilton Bottas e Sainz tiveram que lidar com o estouro dos pneus nos últimos giros

Os pneus foram os vilões da última volta, Lewis Hamilton cruzou a linha de chegada com o pneu dianteiro esquerdo estourado. Valtteri Bottas perdeu a segunda posição pelo mesmo motivo e Carlos Sainz ficou fora dos pontos pelo composto que ficou em frangalhos.

Max Verstappen poderia ter perdido o pódio, então de certa forma parar e colocar os pneus macios ao final da corrida não foi uma ideia ruim. Após a Red Bull ver o pneu de Bottas estourando, sabia que os compostos utilizados por Verstappen estavam indo para o mesmo rumo, o rompimento.

“No final, Max estava realmente preocupado com as vibrações”, explicou Christian Horner sobre a decisão da parada de Verstappen. “Vimos o furo no de Bottas e pudemos ver um grande sulco (ranhura) em nosso pneu, então decidimos realizar um pit-stop e colocar os pneus macios e tentar conseguir o ponto para a volta [mais rápida] também.

“E o pneu que saiu do carro de Max tem um sulco profundo e muitas lacerações também, então não há garantia de que ele teria chegado ao fim da corrida”.

Verstappen conquista segunda posição do GP da Inglaterra - Foto: Red Bull Racing
Verstappen conquista segunda posição do GP da Inglaterra – Foto: Red Bull Racing

Verstappen conseguiu o ponto de volta mais rápida, o holandês veio virando forte em seu último giro, mais a distância entre ele e Hamilton, no momento que o pneu do inglês furou estava próximo dos 30 segundos, quando a prova acabou Hamilton ainda tinha 5s856 de vantagem.

E claro que o holandês ficou frustrado por não ter vencido a corrida, mas sabia dos riscos de ir com os duros até o final: “Sim, eu também poderia ter um pneu furado e você perde muito mais. É isso, sempre é mais fácil dizer depois que você deveria ter continuado, mas quem teria dito que Lewis teria um furo no final? Normalmente, com que frequência isso acontece? Normalmente nunca.”

“Então eu não me arrependo de nada, acho que tomamos a decisão certa, mas como eu disse, é fácil comentar depois, mas você não sabe naquele momento e nós sentimos que era a decisão certa e ainda acho que é a decisão certa.”

Perder o pódio e até pontos preciosos assim, seriam um golpe mais duro. A equipe austríaca permanece na segunda posição com 78 pontos. Alexander Albon terminou a corrida na oitava posição, o tailandês teve uma corrida mais dura, principalmente após colidir com Kevin Magnussen na segunda volta.

Certamente os pneus são a maior preocupação para o próximo final de semana, principalmente após os incidentes neste domingo. Para a corrida do 70º aniversário, a Pirelli apostou em uma gama de pneus mais macios.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados