ColunistaNascarPost

Ross Chastain vence batalha de toques na última volta

Piloto da Trackhouse levou a melhor sobre Alex Bowman e AJ Allmendinger em uma disputa dramática no Circuito das Américas e ganhou pela primeira vez na divisão principal

A celebração da primeira vitória da carreira na divisão principal de Ross Chastain (Dylan Buell/Getty Images)

O público presente no Circuito das Américas presenciou uma disputa intensa e polêmica na na volta final da primeira prova em circuito misto da temporada da NASCAR Cup Series. Ross Chastain dominou a maior parte da prova, mas teve que ir além do limite para derrotar AJ Allmendinger e Alex Bowman e vencer pela primeira vez na divisão.

A vitória de Chastain também demonstra o crescimento da Trackhouse Racing.A equipe comandada pelo ex-piloto da NASCAR Justin Marks e que tem como sócio o rapper Pitbull estreou no ano passado com alguns desempenhos interessantes, mas para 2022, cresceu após absorver a escuderia que pertencia à Chip Ganassi, se tornando mais competitiva neste ano.

Na primeira prova em traçado misto na temporada, a Trackhouse já mostrou sua força com Daniel Suarez, que assumiu a ponta na largada e liderou todo o primeiro estágio. No entanto, com as estratégias diferentes, o mexicano relargou no meio do pelotão no reinício da prova e rodou após levar um toque e cair para o fim do pelotão.

A corrida então teve algumas trocas de liderança com estratégias diferentes. Mas a partir do último segmento, Chastain, AJ Allmendinger, Chase Briscoe e Tyler Reddick se estabeleceram como os pilotos mais rápidos e não deram chances mesmo para os pilotos considerados favoritos.

Nas voltas finais, com as bandeiras amarelas se sucedendo com problemas em pilotos do fundão, alguns nomes se animaram a tentar alguma coisa para os pilotos dominantes, como Chase Elliott, Ryan Blaney e Kyle Busch. Entretanto, apenas Alex Bowman conseguiu se intrometer na disputa pela liderança nas voltas finais.

No último giro, Chastain parecia ter consolidado a liderança, enquanto Allmendinger e Bowman disputavam o segundo lugar. Todavia, os rivais estavam com pneus melhores e no longo traçado de 3,4 milhas (5,5 quilômetros) de extensão, a briga pela vitória ficou frenética, principalmente nas curvas derradeiras.

Allmendinger deu um toque em Chastain para tirá-lo da liderança  na curva 15 e os dois seguiram lado a lado se tocando,  com Bowman na espreita. Os dois primeiros seguiram se tocando nos trechos seguintes e o piloto da Hendrick chegou a colocar o carro à frentena entrada da curva 19, mas Chastain fez a manobra derradeira e empurrou Allmendinger para fora da pista e levando Bowman junto.

Bowman ainda se colocou em segundo, mas não conseguiu mais alcançar seu adversário. Assim, Chastain pôde celebrar a primeira vitória dele na divisão e se garantiu nos playoffs da categoria no fim do ano, como o sexto vencedor diferente de 2022.

A próxima corrida da NASCAR Cup Series será no próximo domingo, no circuito de Richmond em prova realizada na pista de terra da categoria.

Top-10 da etapa do Circuito das Américas:

1 – Ross Chastain (Trackhouse/Chevrolet)
2 – Alex Bowman (Hendrick/Chevrolet)
3 – Christopher Bell (Joe Gibbs//Toyota)
4 – Chase Elliott (Hendrick/Chevrolet)
5 – Tyler Reddick (Richerd Childress/Chevrolet)
6 – Ryan Blaney (Penske/Ford)
7 – Martin Truex Jr (Joe Gibbs/Toyota)
8 – Austin Cindric (Penske/Ford)
9 – Erik Jones (Petty GMS/Chevrolet)
10 – Austin Dillon (Richard Childress/Chevrolet)

 

Mostrar mais

Eduardo Casola

Jornalista formado na Universidade de Sorocaba (Uniso) e apaixonado por esporte a motor desde quando se conhece por gente. Apenas um rapaz que gosta de uma boa corrida e de uma boa história!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados