ColunistaDestaquesFórmula EPost

#RaceDonateNominate: Saiba tudo sobre a final da Formula E Race at Home Challenge

Na Quinta-Feira, 4, às 8hs (Horário de Brasília), a ABB Formula E realizou uma coletiva de imprensa virtual com Pascal Wehrlein, piloto da Mahindra Racing, e representantes da categoria e UNICEF. Na conferência, as decisões acerca do Desafio Race At Home, que será realizado no próximo final de semana, foram debatidas. Além de algumas mudanças especiais, a campanha em parceria com a UNICEF para conscientização sobre a pandemia de Covid-19 ao redor do mundo e arrecadação de fundos seguirá. Confira abaixo as novidades para Grand Final que será realizada nos dias 6 e 7 de Junho.

lll Double Trouble

A final do Race At Home Challenge, será marcado por duas corridas. A primeira será realizada no sábado (6), no circuito de Nova York. No domingo (7), os setups dos pilotos os levarão até Berlim Tempelhof para a Grand Final. Pontos duplos estão em disputa na corrida final para os pilotos de Fórmula E.
 
lll Who’s in it to win it

Qualquer um dos quatro primeiros do grid pode receber honras no Driver Grid, mas olhando para a classificação, o líder Stoffel Vandoorne (Mercedes-Benz EQ) está um ponto à frente de Pascal Wehrlein (Mahindra Racing). Certamente a briga entre estes dois dará o tom da corrida. Confira o depoimento do piloto da Mercedes-Benz EQ:

Estou ansioso pelas próximas corridas. Será um fim de semana movimentado, com duas rodadas e uma importante no final para a classificação, pois são pontos duplos, então tudo provavelmente será decidido lá. Será importante permanecer na luta e não cometer erros. Sempre tivemos um bom ritmo e lutamos por vitórias, e é isso que temos que fazer novamente neste fim de semana para vermos de onde saímos! Seria bom terminar com mais algumas vitórias e uma vitória no título!”, comentou.

Já no Challenge Grid, Kevin Siggy sairá na Pole, devido a uma grande vantagem de pontos (129 pts. 53 de diferença do segundo colocado, Peyo Peev). Confira o depoimento do líder:

“Minha experiência no RAH Challenge até agora tem sido muito boa. É difícil se manter na liderança. A maior alta para mim foi a sexta rodada, quando venci por mais de 12 segundos. A maior baixa para mim foi a qualificação para a segunda rodada, quando perdi a pole por 1ms, o que era mentalmente difícil de aceitar, mas todas as vitórias cobriram essa. Tem sido super competitivo entre muitos dos corredores de simuladores, especialmente Lucas e Petar. Eles são dois pesadelos consistentes para mim a cada rodada, mas de uma maneira positiva. Isto tona mais satisfatório e divertido vencer corridas contra eles. Isso significaria muito, porque eu realmente não tenho muitas chances de dirigir carros de corrida reais, então ganhar isso seria uma conquista incrível, já que dirigir um carro de Fórmula E real seria uma loucura para tentar”, disse o piloto.

lll #RaceDonateNominate

A Formula E convida todos a participarem da iniciativa “Race, Donate, Dominate”, realizada em parceria com a UNICEF. O objetivo da campanha é angariar fundos e conscientizar os amantes do automobilismo sobre a pandemia de Covid-19. Tudo o que você precisa fazer é percorrer um traçado das pistas da Fórmula E, compartilhar seu tempo, doar para o UNICEF e nomear seus amigos.

 

[powerpress_playlist]

[powerpress_subscribe]

Mostrar mais

Deixe uma resposta

Artigos relacionados