ColunistaFórmula EPost

Pascal Wehrlein lidera TL3 da Fórmula E em Diriyah. Atividade contou com batida de Cassidy

A sessão preparatória para a segunda etapa, mostrou bons tempos e uma agitação na pista para a preparação dos carros

Nesta manhã de sábado (29) tarde em Diriyah a Fórmula E realizou o seu terceiro treino livre, a última atividade para ajuste e preparação dos carros, antes que a nova classificação aconteça. Não foi uma sessão tranquila por conta da batida de Nick Cassidy e a necessidade de remover o seu carro do traçado. Entretanto, um tempo adicional foi concedido aos pilotos para que eles conseguissem dar mais algumas voltas no circuito.

Os tempos melhoraram ainda mais, algo que se nota por conta do emborrachamento na pista. Pascal Wehrlein ficou com a liderança da sessão depois de anotar 1m07s215, acompanhado por Jean-Éric Vergne e Oliver Rowland. Alguns pilotos conseguiram chegar na casa de 1m07s nesta sessão.

Entre os brasileiros, Lucas di Grassi ficou com a 12ª posição com a Venturi, enquanto Sérgio Sette Câmara fechou a sessão no 18º lugar.

Saiba como foi o Terceiro Treino Livre da Fórmula E em Diriyah

Com a pista liberada os pilotos não perderam tempo e se lançaram ao circuito, começando a realizar as suas primeiras voltas rápidas. Por conta da atividade de sexta-feira, a pista estava mais emborrachada, desta forma os tempos tinham caído substancialmente. Jack Dennis, 3º colocado no primeiro ePrix, anotou 1m09s312 e assumiu a liderança, acompanhado por Lotterer que tinha 1m09s936.

Lucas Di Grassi passou a ser investigado pelos comissários pela forma como ocorreu a liberação dele para o pit-lane, pois ela não foi ideal ideal.

Edoardo Mortara se tornou o novo líder quando anotou 1m08s614, tempo que foi batido por Sam Bird instantes depois. Lucas di Grassi era o 12º colocado com a Venturi, anotando 1m09s666, o brasileiro fez uma ótima primeira corrida com a nova equipe. Sette Câmara permanecia na 15ª posição, em seus primeiros giros com a Dragon.

Antonio Giovinazzi negociava espaço na pista por conta do grande tráfego diante de uma sessão agitada, o italiano tentava a fazer uma boa volta e aproveitar a potência de 250 kW, com isso anotou 1m09s886, saltando para o 15º lugar, mas os tempos seguiram melhorando, pois os pilotos estavam trabalhando com voltas de classificação.

Restando pouco mais de 13 minutos para o encerramento da atividade, os dois primeiros eram: Mortara, Buemi, Di Grassi, Güenther, Bird, Sims, Rowland, Dennis, Wehelein e De Vries.

Pouco depois a sessão foi interrompida com a bandeira vermelha, Cassidy da Envision Racing perdeu a traseira do carro quando entrou na curva 12 e danificou o seu equipamento. O tempo do cronômetro seguiu correndo, comprometendo a fase em que os pilotos estavam se preparando para a classificação. O piloto informava que os chassis não estavam danificados. Pela imagem era possível ver que a suspensão dianteira esquerda e traseira esquerda estavam danificadas, com algum possível dano no câmbio. 

Como uma forma de compensar a atividade que fora comprometida, a direção de prova adicionou 10 minutos à atividade. O pit-lane foi liberado quando restavam 8 minutos de sessão. Novamente a pista ganhou vida com os pilotos completando as suas voltas.

Antes da paralisação, Mortara, Buemi e Di Grassi tinham chegado à casa de 1m07s, desta forma ocupavam as primeiras posições na tabela de tempos.

Os carros desta temporada estão dando a impressão de que a traseira está ainda mais solta, portando é fácil ver alguns pilotos cometendo erros durante os seus giros, Giovinazzi foi um exemplo durante todo o fim de semana e após a retomada da atividade. Dennis também tocou o muro de contenção rapidamente, mas seguiu na pista.

A sessão foi encerrada com Wehrlein na liderança o piloto da Porsche anotou 1m07s215, acompanhado por Vergne e Rowland. Os pilotos tiveram a oportunidade mais uma vez de treinar a largada. 

Confira a tabela de tempos da Fórmula E em Diriyah – Foto: reprodução
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados