ColunistaFórmula 1Post

Oracle aumenta parceria com a Red Bull e promete auxílio para o crescimento do time

Além do patrocínio, a Oracle vai ajudar a Red Bull mais uma vez com diversas simulações para aumentar a performance da equipe

Na pintura do RB18 é possível notar que o patrocínio da Oracle é o de maior destaque, presente nas laterais do carro e asa traseira. Para a temporada de 2022, o time também mudou o seu nome, agora nas redes sociais é possível ver Oracle Red Bull Racing.

A empresa estadunidense de tecnologia e informática passa a ser a principal patrocinadora com a aplicação de US$ 500 milhões, mas o acordo estabelecido vai muito além, pois existe a parceria tecnológica. A Oracle se tornou parceira da Red Bull em 2021, firmando na época um contrato de múltiplos anos que agora passou por uma revisão.

O acordo de cinco anos é um impulso para a equipe antes mesmo do início da temporada começar. Max Verstappen tentará defender o título, caso a Red Bull consiga entregar um carro igualmente competitivo como o do último ano. O time austríaco tenta fugir dos problemas encontrados após a mudança drástica de regulamento que aconteceu da temporada 2013 para a 2014.

“Estamos pressionando os técnicos da Oracle, mas eles estão respondendo da melhor maneira possível. E é isso que torna essa parceria muito empolgante.”

LEIA MAIS: Red Bull apresenta o RB18, carro para a defesa do título de Verstappen

Com um novo limite de teto orçamentário US$ 145 milhões, mas a parceria com a Oracle também é vista como uma forma de aumentar ainda mais o orçamento.

“Temos um novo conjunto de regulamentos, um novo desafio técnico. Além de regulamentações financeiras que estão impulsionando e forçando a eficiência, que é novamente onde essa parceria nos ajuda a garantir que sejamos tão eficientes e produtivos quanto possível”, disse Horner.

Ariel Kelman, diretor de marketing da Oracle, esteve presente durante o lançamento do RB18 e explicou que estão auxiliando a equipe austríaca em simulações. Na empresa que tem sede em Austin para computação em nuvem, é possível realizar o desenvolvimento dos motores e desenvolvimento dos pilotos. 

A Oracle está com um grande destaque no carro da Red Bull por ter se tornando o patrocinador principal – Foto: reprodução RBR

“Exploramos diversas áreas, uma das mais interessantes no último ano foi nas simulações de estratégia de corrida. Usando nossa infraestrutura de plataforma na nuvem, nosso time foi capaz de rodar literalmente bilhões de simulações para cada final de semana, com o intuito de explorar qual seria a melhor estratégia”, disse Kelman.

“Está nos ajudando a migrar para a nuvem e, particularmente com a instauração dos powertrains, apenas usar o conjunto de tecnologia que a Oracle tem disponível, e para nossos engenheiros é quase como entrar em uma loja de doces e ver o que eles desejam ter”, afirma Horner.

A Oracle ajudou a equipe na conquista do título de Max Verstappen, algo que também foi apontado pelo chefe de equipe da Red Bull. “O Oracle Cloud nos permitiu tomar decisões no dia da corrida que ajudaram Verstappen a vencer o campeonato de pilotos de 2021”. 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados