ColunistaDestaquesNascar

Opinião e reflexão – A Punição da Nascar em Hailie Deegan e como isso reflete na sociedade

A jovem piloto de 19 anos foi punida após uso de palavra indevida em stream

Após o recente caso de racismo velado do piloto Kyle Larson e a busca por se redimir, a Nascar se depara com outro caso polêmico, só que para muitas pessoas mais difícil de entender na atualidade pela maneira que ainda é tratado, mas o que realmente aconteceu?

Hailie Deegan piloto feminina de 19 anos é recém estreante na categoria Truck Series, filha do multicampeão de Motocross Brian Deegan, ela é vista como uma promessa do automobilismo americano. Mas nesta última segunda ela se envolveu numa polêmica após se referir a um individuo (Não ficou claro se era uma pessoa ou NPC) como “retardado” – “quem é esse retardado atrás de mim?”, como se fosse um xingamento um tanto sutil.

Para ficar explicito o valor e repercussão negativa do que Hailie falou, uma fã que se identifica como portadora de deficiência mental se pronunciou em redes sociais classificando como uma ofensa a ela e a todos pessoas que passam pelo mesmo tipo de problema.

https://twitter.com/TheRacingCactus/status/1348466233570717696?s=19

Embora seja um problema que se estende além do automobilismo ainda existe uma ignorância na sociedade ao abordar deficiências, transtornos e doenças mentais e isso se resulta em pensamentos rasos e preconceitos velados, e o caso do Hailie é um dos desses casos que indiretamente influenciam pessoas, pela influência das pessoas em questão.

A Nascar visando essa consciência social emitiu um comunicado nas redes sociais dizendo que a piloto vai participar de um ‘treino de sensitividade’, para que casos como esse não se repitam mais uma vez.

Hailie se comunicou reconhecendo o erro e pediu desculpas aos fãs pelo ocorrido.

 

Em meio da maneira em que esse assunto está sendo tratado parece que a Nascar da passos à frente de outras categorias internacionais em relação a consciência social mostrando que esses tipos de casos não vão passar mais em branco.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

Artigos relacionados