ColunistaDestaquesFórmula 1Post

GP de Abu Dhabi: um retrato perfeito da temporada de 2019

A temporada de 2019 Fórmula 1 chegou ao seu fim no último final de semana com um GP que resumiu muito bem a performance das equipes e dos pilotos ao longo do ano.

A começar pelo campeão, Lewis Hamilton, que liderou todas as voltas da corrida, assim como fez no campeonato, sem sofrer nenhum tipo de ameaça. Do outro lado da garagem, Bottas teve uma corrida que resumiu bem seu fim de ano: frustrante. Não terminou a corrida no Brasil, recebeu punição para a última prova, se divorciou e ainda teve o azar de ter de correr cerca de 20 voltas sem o uso do DRS, que estava desativado por conta de problemas técnicos.

Na Ferrari tivemos um resumo perfeito da temporada: Leclerc terminando na frente de Vettel e a equipe errando nos boxes e na estratégia. Sem surpresas.

O Holandês Verstappen não deu chances ao também jovem Leclerc, assim como na temporada toda, e mostrou que será o real concorrente de Hamilton no próximo ano, enquanto Albon chegou na típica sexta colocação.

Pérez também teve uma corrida parecida com seu ano na F1: fez uma manobra que não foi mostrada pelos diretores de TV e assegurou a 10ª colocação no campeonato de pilotos. Uma corrida discreta mas eficiente, assim como sua temporada.

A McLaren, por sua vez, terminou o ano no mesmo ritmo da temporada inteira. Norris mostrou que tem talento, mas que falta experiência, enquanto Sainz fez uma ultrapassagem linda na última volta e conquistou o sexto lugar no campeonato de pilotos, batendo Gasly e Albon, que tiveram, em momentos diferentes do ano, uma Red Bull em suas mãos.

Na Renault, frustração, mas sem surpresas. Os dois pilotos ficaram foram dos pontos na corrida e não alcançaram sequer a marca de 100 pontos na temporada.

Toro Rosso, apesar dos dois pódios no ano, e Alfa Romeo, pouco apareceram e terminaram em 6º e 8ª no campeonato de construtores, respectivamente.

Por fim, Haas e Williams apenas confirmaram uma temporada para esquecer.

Agora é esperar o Drive to Survive, na Netflix, tentando matar a saudade da ótima temporada de 2019.

Etiquetas
Mostrar mais

Matheus Souza

Estudante de Letras. Apaixonado por Fórmula 1, Futebol, e-sports e ceviche.

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Fechar