ColunistaDestaquesFórmula E

Fórmula E realiza ajustes de última hora no traçado de Diriyah

A sétima temporada da Fórmula E está perto de começar, mas o circuito que receberá a primeira rodada dupla da temporada precisou sofrer alterações

A sétima temporada da Fórmula E está próximo de ter início, a primeira etapa está marcada para o dia 26 de fevereiro. Mas mesmo com a rodada dupla já dando as caras, o circuito de Riyadh, na Arábia Saudita sofreu algumas alterações. Está será a primeira vez que a Fórmula E vai realizar corridas noturnas na história da categoria.

Para a realização da prova noturna foi necessário instalar painéis de LED de baixo consumo ao redor do circuito de 2.495 km. Além disso foi necessário modificar algumas curvas, as principais mudanças estão: na saída do pitlane, onde leva para a curva 2, a sequência das curvas 9 e 10, a sessão com as curvas 12 e 13, assim como a curva 14, além das complexas curvas 18 e 19 que levam para a reta principal.

Foto: reprodução The Race
Traçado de Diriyah em 2019 – Foto: reprodução Fórmula E

Por conta dos diversos acidentes na curva 18 e 19, quando a Fórmula E realizou a sua última passagem por Diriyah Antônio Felix da Costa e Sébastien Buemi acabaram colidindo e foram penalizados.

As diversas mudanças são sutis, mas afetam as curvas e acabam modificando a forma como os times vão agir na pista, principalmente pela falta de tempo até a rodada, impossibilitando muitos testes. A mudança na curva 9 e 10 só foi informada aos engenheiros na última quinta-feira em uma reunião do grupo de trabalho esportivo.

LEIA MAIS: Contos das Arábias: o melhor e o pior de Al Diriyah

O site The Race disse que as mudanças devem ter sido realizadas por conta da reforma completa do asfalto no local onde fica a pista, no bairro histórico de Ad Diriyah, na capital da Arábia Saudita.

Francis Sicard, diretor da Nissan e.dams, afirmou que quando a mudança foi informada, mudou todo o direcionamento para o fim de semana: “É cada vez mais complexo simular tudo, então quando você muda pequenas coisas bem tarde como agora, às vezes torna nossa vida muito mais complicada”, disse Sicard à The Race.

“Já é uma categoria complexa, mas acho que para todos é a mesma, então faz parte do desafio, então temos que conviver com isso.”

Sicard acredita que os novos layouts para as pistas de Roma, Valência e até mesmo Mônaco devem ser entregues para às equipes com mais antecedência, principalmente por conta da complexidade logística e operacionais que as equipes estão enfrentando por conta da pandemia.

“Teremos mais dificuldades quando tivermos que lidar com novos layouts de corrida”, disse Sicard. Pedimos à FIA a divulgação das alterações dos traçados com mais antecedência por causa de todos os protocolos COVID, que estão complicando as coisas para as viagens.Teremos uma corrida a cada duas semanas e com as complicações da viagem, será muito difícil nos prepararmos da maneira correta””, afirma Sicard para a The Race.

As equipes da Fórmula E costumam gerar dados das pistas e mapas, com aproximadamente 14 dias antes dos eventos, mas com as corridas de Roma, Valência, Mônaco e Marrakeh, eles esperam se programar antes, já que será uma maratona com pouco espaço de tempo separando cada corrida e com a necessidade de lidar com vários preparativos.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo