ColunistaFórmula EPost

Fórmula E pode adiar início da próxima temporada por conta da preparação do Gen3

Dando mais tempo de preparo para os times, próxima temporada deve começar em janeiro de 2023 e não em dezembro de 2022 como era esperado

A Fórmula E deve adiar o início da próxima temporada e por consequência a introdução do Gen3. A categoria elétrica tinha a intenção começar a nova temporada em dezembro de 2022, retornando aquela prática onde o campeonato era disputado em dois anos, mas será necessário esperar um pouco mais para a primeira disputa com os novos carros.

De acordo com o site The Race, a categoria elétrica deve começar o novo campeonato ao final de janeiro de 2023, com o ePrix de Diriyah, na Arábia Saudita, para que os times possam ter mais tempo para preparar o seu hardware. As corridas na em Hyderabad (Índia) e Cidade do Cabo (África do Sul), estão planejadas para fevereiro, segundo o site.

Os times precisam de tempo para preparar o hadwere, mesmo com a temporada atual da Fórmula E prevista para encerrar em agosto de 2022. Em meio as competições, as fabricantes confirmadas para a era Gen3, estão correndo para cumprir os testes dos equipamentos, antes do início das homologações. DS Automobilies, Mahindra, Maserati, Nissan, NIO 333, Jaguar e Porsche – estão programadas para receber o novo pacote dos fornecedores após o ePrix de Mônaco deste mês.

Ainda com uma temporada acontecendo, os times precisam se desdobrar para se preparar para uma nova temporada – Foto: reprodução Fórmula E

As próximas 11 corridas serão realizadas em um período de 15 semanas – entre Mônaco e Seul – mas eles ainda vão revezar as provas com os testes que precisam ser realizados. Para as equipes certamente é um período exaustivo principalmente por conta das altas cargas de trabalho.

O chefe de equipe da Jaguar, James Barcley, ressaltou que é importante não correr com algumas partes do processo, mas manter um diálogo com a FIA, pois outros times podem obter conseguir um prazo mais extenso.

“É importante que tenhamos permissão para fazer o trabalho até o ponto em que as coisas sejam entregues a nós, por exemplo, o tempo que pegamos nossos carros, o tempo de teste que temos, os testes de colisão, todas essas coisas temos que nos apoiar a linha do tempo que precisamos, bem como os fabricantes para se preparar.”

“É por isso que estamos tendo essas conversas com a FIA para garantir que não estamos criando um cenário impossível de fazer nosso trabalho de desenvolvimento e nossas provas ao mesmo tempo. Queremos ter certeza de que chegaremos da melhor forma para os testes oficiais de pré-temporada e, claro para a primeira corrida”, disse Barcley.

Antes do início de uma temporada, o Gen3 estará em pista para os testes de pré-temporada, que provavelmente será marcado para dezembro.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados