ColunistaFórmula 1Post

FIA realiza nova alteração na regra do uso do Safety Car, após o GP de Abu Dhabi

Para evitar novas interpretações do regulamento esportivo, FIA muda "any" por "all", deixando claro quais são os pilotos que vão recuperar a volta com o Safety Car em pista

Antes do início da temporada 2022, a FIA realizou uma nova alteração no regulamento esportivo da Fórmula 1, com o intuito de esclarecer as regras do Safety Car. Após o GP de Abu Dhabi foi necessário realizar algumas modificações, tentando evitar que uma prova como aquela volte a acontecer.

Os ajustes foram estudados e finalmente nesta terça-feira a versão mais atualizada foi publicada.

Em fevereiro o regulamento tinha passado por uma alteração, visando acelerar o processo de reestabelecimento da corrida após a ação do Safety Car. Processos para agilizar a retomada da corrida, já que a prioridade é voltar à bandeira verde, mas precisa ser realizado em segurança. Novamente a FIA estabelece uma nova alteração, no artigo que menciona a reorganização do grid.

O artigo 55.13 foi modificado alterando uma palavra que se mostrou muito importante. A regra tinha “any” (qualquer), agora passa a ser “all” (todos) deixando explicito que todos os pilotos devem realizar a ultrapassagem no Safety Car. Em Abu Dhabi Michael Masi realizou uma interpretação da regra, se valendo do “qualquer” para liberar apenas os pilotos que estavam entre Lewis Hamilton e Max Verstappen para recuperar a volta, ultrapassando o líder e o Safety Car.

Agora é possível ler no artigo 55.13: “Se o diretor de prova considerar seguro, a mensagem ‘CARROS QUE LEVARAM UMA VOLTA PODEM ULTRAPASSAR’ for enviada a todos os competidores usando um sistema de mensagens oficial, todos os carros que foram ultrapassados pelo líder serão obrigados a passar o líder e o carro de segurança”.

Com o alerta, a corrida precisa recomeçar rapidamente, sem a necessidade de completar uma volta adicional no circuito, portanto, os pilotos que foram ultrapassados pelo líder precisam reestabelecer as suas posições rapidamente após o alerta.

LEIA MAIS: FIA altera regra do Safety Car para que a corrida possa ser reestabelecida rapidamente

A alteração mais uma vez mostra que o antigo regulamento estava ambíguo, mas isso não impediu a FIA de rejeitar o protesto da Mercedes pós-GP de Abu Dhabi.

Para a temporada de 2022 também criaram um sistema de ‘VAR’, como no futebol, para analisar lances duvidosos, fazendo com que as regras possam ser aplicadas da melhor forma.

Uma coisa que chama a atenção neste novo regulamento 15.3 segue inalterado, ele fala sobre as responsabilidades do diretor de prova e em três partes do artigo menciona que o regulamento esportivo precisa ser seguido, mas as mesmas palavras não estão presentes no processo de largada de uma prova ou durante o Safety Car. O artigo que dá ao diretor de prova poderes para ser autoridade máxima ainda permanece e pode ainda causar divergências, ainda que esteja implícita a necessidade de seguir o regulamento esportivo.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados