ColunistaFórmula 1Post

Ferrari identifica falha que provocou o abandono de Leclerc no GP da Espanha

Após abandono de Leclerc no GP da Espanha, Ferrari identifica uma falha no MGU-H e turbocompressor

A Ferrari revelou por fim o motivo para o abandono de Charles Leclerc durante o GP da Espanha. O monegasco que liderava a prova, foi forçado a abandonar após lidar com falta de potência no motor. O time italiano realizou a avaliação da unidade de potência e foi identificado um problema no turbocompressor e no MGU-H, infelizmente não existem chances de reparar as peças.

Para esclarecer o problema a Ferrari informou que ela não foi ocasionada por conta de uma falha de projeto ou problema de confiabilidade nestes dois componentes ou por conta de algum outro elemento do motor. O time aposta mais em algum fator externo (como as altas temperaturas do fim de semana) ou a forma como estavam trabalhando com a unidade de potência.

Leclerc já estava usando o segundo motor da temporada, que fora instalado para o GP de Miami. No carro do monegasco será necessário instar o terceiro MGU-H e outro turbocompressor. O time também pode optar por toda a substituição da unidade de potência, contando com todos os componentes novos para Mônaco.

Charles Leclerc abandonou o GP da Espanha enquanto estava na liderança – Foto: reprodução Ferrari

Com a mudança antecipada, a Ferrari fica mais perto de lidar com uma penalidade, pois até o encerramento da temporada, eles provavelmente vão necessitar de uma quarta unidade de potência. A Alpine optou por fazer a instalação de outro motor no carro de Fernando Alonso, se aproveitando de uma classificação ruim realizada pelo espanhol em Barcelona.

Para grande parte das equipes a instalação da quarta unidade de potência é certa, só precisam definir o momento do campeonato que vão realizar essa substituição.

LEIA MAIS: Raio-X do GP da Espanha – Red Bull desbanca Ferrari e assume a liderança do Campeonato

A unidade de potência usada por Leclerc foi enviada para Maranello para uma análise.

Depois do abandono Leclerc caiu para a segunda posição do campeonato, separado por apenas seis pontos de Max Verstappen. A Red Bull também assumiu a liderança do Campeonato de Construtores na Espanha, agora contando com 195 pontos, contra 169 da equipe italiana.

Escute o nosso Podcast do GP da Espanha com o convidado Marcus Vinícius 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados