DestaquesFórmula 2Post

F2: Doohan aguarda melhor momento da classificação para conquistar a pole em Barcelona

Superando Daruvala, Doohan estabelece o melhor tempo e crava a pole para a corrida principal que será disputada no domingo em Barcelona

Nesta sexta-feira (20) a Fórmula 2 realizou a sua classificação, neste retorno às pistas para disputar a quarta etapa do calendário. Os pilotos que levaram um pouco mais de tempo para entrar na pista, esperando condições melhores conseguiram um resultado obter tempos melhores. Jehan Daruvala estava na liderança com o tempo de 1m28s884, o piloto da Prema queimou o uso dos seus dois pneus macios e retornou para os boxes confiante de que ficaria com a pole.

Como ainda restavam dez minutos de atividade, os pilotos que não usaram o seu segundo jogo de pneus esperaram o sinal dos seus engenheiros para retornar para a pista. Jack Doohan da Virtusi Racing anotou 1m28s635 para se estabelecer na pole. Jüri Vips conseguiu aproveitar os últimos minutos da sessão para saltar para o segundo lugar, superando o tempo estabelecido por Frederik Vesti. Daruvala foi empurrado para a quarta posição, seguido por Logan Sargeant, Ayumu Iwasa, Théo Pourchaire, Jake Hughes, Calan Williams e Felipe Drugovich que completaram o top-10

Doohan estabelece a sua segunda pole da temporada, depois de ter conquistado a volta mais rápida no Bahrein. Na corrida principal que será disputada no domingo, o piloto da Virtuosi vai começar da primeira posição.

O final da classificação foi uma grande bagunça; com muitos pilotos na pista ao mesmo tempo, os competidores que estavam mais lentos atrapalharam aqueles que estavam em volta rápida. Podemos ter algumas alterações de posição até a largada da Sprint que será disputada neste sábado, caso os comissários juguem necessário aplicar algum tipo de punição.

Felipe Drugovich lutou por um tempo melhor, mas fechou a classificação no décimo lugar, enquanto Enzo Fittipaldi ficou com a décima primeira posição. Clément Novalak, companheiro de Drugovich brigou pelo top-10, mas fechou a atividade apenas na décima segunda posição.

Saiba como foi a Classificação da Fórmula 2 em Barcelona

Assim que a pista foi liberada, os pilotos da Fórmula 2 foram deixando os boxes e passaram a ocupar a pista. Logo começou uma disputa para negociar uma melhor posição em pista para aferir os seus primeiros tempos.

Ralph Boschung ficou de fora do fim de semana em Barcelona, o piloto voltou a sentir dores no pescoço, elas surgiram durante o fim de semana em Ímola, mas o piloto suíço não se recuperou. A equipe garante que ele correrá em Mônaco na próxima semana.

Com dez minutos de atividade Jehan Daruvala estava na liderança, com 1m29s512, acompanhado por Novalak que se estabeleceu na segunda posição. Instantes depois Hughes saltou para o segundo, superando o piloto da MP Motorsport. Iwasa, era o quarto colocado, acompanhado por Sato, Cordeel, Pourchaire, Hauger, Sargeant e Williams que completavam o top-10.

Enquanto Verschoor, Armstrong e Drugovich esperaram um pouco mais de tempo nos boxes, para fugir do tráfego e buscar a sua volta mais rápida sem lidar com pilotos que estavam mais lentos na pista. Drugovich liderou o TL1, portanto existia muita expectativa, principalmente com o brasileiro que é o atual vice-líder do campeonato.

Drugovich teve um pouco de problema para encontrar o melhor momento para abrir a volta rápida, pois foi atrapalhado, mas instantes depois anotou 1m29s190, saltando para a ponta. Na sequência o brasileiro foi superado por Doohan que registrou 1m29s147, enquanto Daruvala completou mais uma volta rápida, empurrando o brasileiro com o carro da MP Motorsport para a terceira posição, pois retornou para a ponta com a Prema anotando 1m28s884.

Daruvala deixou o carro depois de usar os seus dois jogos de pneus macios. Como ainda restavam dez minutos de sessão, alguns pilotos esperavam um melhor momento da pista para instalar o segundo jogo e buscar outra volta rápida. Neste momento os dez primeiros eram: Daruvala, Doohan, Drugovich, Hauger, Hughes, Novalak, Iwasa, Sato, Cordeel e Pourchaire. Fittipaldi ocupava a décima terceira posição.

Nos últimos sete minutos os pilotos foram entrando na pista mais uma vez, com os competidores trabalhando o aquecimento dos pneus. Fittipaldi obteve o melhor segundo setor, quando comparado com Doohan.

Com a pista melhorando, o tempo de Daruvala foi superado por Doohan que obteve 1m28s612, levando com ele Vesti que estabeleceu 1m28s852. Fittipaldi saltou para a nona posição com 1m28s205.

Drugovich teria apenas uma volta rápida para buscar uma posição melhor, o brasileiro ocupava a oitava posição, depois que os tempos evoluíram substancialmente nesta última parte da classificação. Pourchaire teve a sua volta rápida atrapalhada por Drugovich que estava lento na pista, mas não tinha para onde o brasileiro ir.

Com o cronômetro zerado, Doohan ficou com a pole, enquanto Vips obteve uma ótima volta para e encaixar na segunda posição. A última volta em Barcelona foi uma grande confusão onde Novalak cometeu um erro e Iwasa teve a sua volta rápida comprometida.

Os comissários vão investigar alguns desses incidentes no final da classificação, desta forma o grid de largada pode sofrer algumas alterações.

Com a inversão dos dez primeiros colocados, Drugovich deve começar a corrida Sprint da pole.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados