ColunistaPost

Caio Collet realizou testes expressivos antes do retorno da F-Renault Eurocup

Categoria retorna neste final de semana

Foto: Dutch Photo Agency

A Fórmula Renault Eurocup está voltando este final de semana entre os dias 10 e 11 de julho, para realizar a temporada 2020 no circuito de Monza, na Itália. Caio Collet é o único brasileiro no grid e vai estar com a equipe R-ace GP durante a rodada dupla da 50ª edição.

Durante a segunda e terça-feira (6 e 7 de julho), os pilotos realizaram treinos coletivos no circuito, no primeiro dia de atividades o piloto marcou o segundo melhor tempo, já na terça feira ele fechou na sexta posição.

Caio Collet tem uma boa perspectiva no automobilismo, mesmo com a contratação de Fernando Alonso, Collet ainda é um grande nome para ascender ao cockpit da Renault.  Integrante do Renault Sport Academy, Collet inicia a sua segunda temporada na categoria. Em 2019, o piloto de 18 anos foi campeão entre os estreantes, obtendo 10 vitória e fechando o campeonato na quinta posição.

“Estou bem ansioso para voltar a correr. Foi uma pausa muito longa, que ninguém esperava. Mas será uma volta igual pra todo mundo. Será muito importante trabalhar forte desde o primeiro treino para estar 100%”, ressaltou Collet, que este ano passou a morar na Inglaterra, mais próximo da sede da equipe Renault F1, onde tem participado de várias atividades.

“Mesmo com a pandemia, conseguimos trabalhar bastante, analisando todos os dados dos testes, vendo os pontos fracos e fortes de tudo que temos feito. Estou bem confiante e não vejo a hora de voltar a acelerar o carro numa corrida”, declarou Collet.

“Estar no segundo ano é uma vantagem, por já saber como funciona todo o final de semana de corrida”, lembrou o piloto que também agradeceu aos patrocinadores por manterem o apoio ao projeto.

“Gostaria de agradecer a todos os patrocinadores pela oportunidade de seguir no campeonato, principalmente depois de toda essa pandemia. Vamos trabalhar forte para ser um ano de muitas conquistas e vou dar o meu máximo para já começar o campeonato com o pé direito”, finalizou.

O campeonato é importante para a formação de jovens pilotos, a categoria europeia conta com 18 pilotos inscritos na etapa inicial. O campeonato vai manter às 10 etapas em rodada dupla, nos circuitos sedes.

Foi alterada a pontuação da superlicença de 15 para 18 pontos. Os pilotos vão correr com um motor de 300 cavalos – antes era usado um carro com 270 cavalos. O modelo utilizado na competição é o F3 R homologado pela FIA, com chassis Tatuus F.3 T-318, monocoque de carbono FIA F.3 2018, com Halo.

Programação

Quinta-Feira (09)
Classificação – Corrida 1 – 12h40
Sexta-feira
Classificação Corrida 2 – 4h
Corrida 1 – 8h
Sábado
Corrida 2 – 4h45

A corridas em Monza estão programados para serem exibidos ao vivo pelo Youtube e Facebook da Renault Sport.

 

Etiquetas
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Fechar