ColunistaDestaquesFórmula 1Post

Alpine oferece Piastri para substituir pilotos titulares da McLaren durante a temporada 2022

Visando dar quilometragem para Piastri e experiência nos novos carros, Alpine se prontifica a oferecer Piastri ao time rival

Daniel Ricciardo testou positivo para o Covid-19 nesta última sexta-feira (11), o piloto australiano está se recuperado e espera um teste negativo para assumir o carro na próxima semana. Prontamente, a Alpine ofereceu os serviços de Oscar Piastri.

O time francês conta com Piastri como reserva e piloto de testes. O campeão da Fórmula 2 ficou sem assento para competir a temporada 2022, mas está tirando um ano para acompanhar a Alpine e conhecer o seu carro. Piastri também vai auxiliar Fernando Alonso e Esteban Ocon durante a temporada, recolhendo dados que possam contribuir para o desempenho do carro.

LEIA MAIS: Quem é o campeão da Fórmula 2 de 2021?

A McLaren não tem um piloto reserva do time, mas por ter o vínculo de motores com a Mercedes e, caso um dos seus pilotos titulares esteja impossibilitado de participar de um Grande Prêmio, eles podem acionar Stoffel Vandoorne e Nyck de Vries – pilotos da Fórmula E. A Alpine aproveitou o momento para oferecer Oscar Piastri, deixando o seu jovem piloto à disposição da McLaren.

“Com o espírito de oferecer o máximo de oportunidade de competir ao nosso grupo de jovens pilotos, concordados que a McLaren poderá chamar nosso piloto reserva, Oscar Piastri, no caso de que um dos seus pilotos não possa correr”, informou o comunicado da Alpine.

A oportunidade surgiu após Ricciardo testar positivo para o Covid-19. A McLaren realizou a última fase de testes da pré-temporada apenas com Lando Norris coletando os dados para o time. Agora como os protocolos mudaram e não existe mais a necessidade de fazer grandes períodos de isolamento, assim que Ricciardo receber um teste negativo, poderá participar dos treinos livres e de todas as sessões que compõe o final de semana da F1.

Para Piastri seria uma grande oportunidade, o piloto foi campeã da Fórmula Renault, Fórmula 3 e Fórmula 2 na sequência, com apenas 20 anos. Seria a oportunidade de conhecer os novos carros.

Entretanto, para a McLaren a oferta pode não ser tão atrativa, o MCL36 é equipado com motor Mercedes e em uma era onde tudo é tão novo na Fórmula 1, alguns times fazem o possível para esconder os seus segredos. Os comentários no paddock informam que a Alpine está lidando com problemas, não apenas no desenvolvimento no carro, mas também em sua unidade de potência.

As sessões que Piastri participasse, poderiam dar alguma ideia para a Alpine de como a McLaren está o desenvolvimento do MCL36, comparando o trabalho realizado no A522. Veremos se na próxima semana ou se ao longo deste ano, Piastri estará em pista, seja no carro da sua equipe ou de um time rival.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados