ColunistaPostW Series

W Series: Pulling conquista pole para Corrida 1, enquanto Chadwick será a pole da Corrida 2 para o GP dos EUA

Pulling surpreendeu, conquistando a primeira pole da carreira neste sábado. A classificação foi bem disputada no COTA

A classificação para a 7ª etapa da W Series foi realizada neste sábado (23) no Circuito das Américas, Abbi Pulling foi precisa, apresentou um ótimo ritmo e dominou a sessão, conseguindo obter a primeira pole-position na W Series.

A pilota inglesa está disputando apenas a sua terceira etapa na categoria, pois faz parte do time reserva, mas é uma pilota que surpreende na pista, tendo bons resultados nas provas que participou. Pulling anotou 2m05s633, não deixando espaço para as outras competidoras e fez a pole.

Antes do início da atividade, Jamie Chadwick era a favorita para conquistar a pole, pois tinha dominado os treinos livres. Entretanto, a inglesa que está disputando pelo título, ficou com a segunda posição, separada apenas por 0s070 de Pulling. Belén García ficou com a terceira posição, acompanhada por Sarah Moore em terceiro. Emma Kimiläinen que também batalha pelo título, completou o Top-5.

Alice Powell que está empatada em pontos com Chadwick, fez uma sessão discreta, obtendo apenas a 10 posição. A brasileira Bruna Tomaselli não conseguiu encaixar uma boa volta, pois teve alguns tempos deletados durante a sessão.

A W Series optou por fazer apenas uma classificação, desta forma o melhor tempo define o grid do sábado, enquanto o segundo melhor tempo vale para a formação do grid do domingo.

Saiba como foi a Classificação da W Series no Circuito das Américas

Quando a classificação teve início, rapidamente as pilotas deixaram os boxes para ocupar a pista, para desfrutar dos 30 minutos disponíveis para as voltas rápidas. As primeiras voltas foram usadas para preparar os carros e aquecimento dos pneus. Os compostos usados pela W Series, apresentam uma eficiência melhor quando as pilotas completam mais voltas na pista.

Não demorou muito para os primeiros tempos aparecerem na tabela de tempos, Fabienne Wohlwend era a líder com 1m07s924, mas pouco depois Chadwick anotou 2m06s911, com Pulling assumindo a segunda posição, separada da compatriota por 0s460.

Antes de completar dez minutos de atividade, Powell era a quarta colocada, mas os tempos seguiram despencando à medida que mais voltas eram completadas. E após dez minutos de atividade, Pulling surpreendeu, cravando 2m06s239, superando Moore.

Depois deste começo, as pilotas entraram nos boxes para realizar novos ajustes, ates de retornar mais uma vez para a pista. Portanto quando restavam quinze minutos para o final da sessão, as dez primeiras eram: Pulling, Moore, Chadwick, Powell, Visser. B. Garcia, Hawkins, Martí, M. Garcia e Agren. Miki Koyama que estava na décima segunda posição, o seu carro apresentou a quebra da suspensão, portanto ela não teria como seguir na atividade.

A brasileira Bruna Tomaselli era a décima sétima colocada, depois de um fim de semana em que ela tinha conseguido se manter dentro do Top-10, mas a pilota não conseguiu superar os problemas. Uma das voltas registradas pela brasileira foi deletada, por ter excedido os limites de pista, avisada quando já estava nos boxes.

Como a classificação definiria a posição do sábado e do domingo, as pilotas estavam buscando o seu melhor tempo, para aumentar as suas chances de um bom resultado no sábado. Nos últimos dez minutos, as pilotas partiram mais uma vez para o circuito, exceto Koyama que tinha um problema no carro.

O tempo de 2m06s239 de Pulling era a referência para as outras competidoras. Chadwick foi empurrada para a sétima posição, conforme outras pilotas completavam as suas voltas, já que a pilota inglesa levou um pouco mais de tempo para ocupar a pista.

Belén Garcia acertou uma grande volta, anotando 2m05s925, assumindo assim a liderança. Pouco depois foi a vez de Marta Garcia assumir a segunda posição, mas Pulling estava mostrando um ótimo ritmo no Circuito das Américas, superando B. Garcia para ficar com a primeira posição depois que cravou 2m05s922.

Chadwick precisou lidar com o tráfego, algo que atrapalhou a pilota a obter uma boa volta rapidamente, mas nos últimos quatro minutos ela deixou a décima segunda posição para quase ficar com a primeira posição, pois foi surpreendida por Abbi Pulling que cravou 2m05s698.

Tomaselli permaneceu na pista, mas seguia no final da tabela. Com o cronômetro zerado a brasileira saltou para a décima sexta posição, mas a sua volta final também foi deletada.

A sessão encerrou com uma bandeira amarela localizada, pois Wood rodou no final da atividade. Pulling garantiu a pole para a primeira corrida, enquanto Chadwick será a pole na prova do domingo.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados