A Usurpadora – Versão #F1 #MexicoGP 2016 | By DehFlowers

Sharing is caring!

| Débora Santos Almeida – publicado em 31/10/2016, ás 01:30

Se valeu a pena trocar o churrasco com os amigos desse domingo pelo GP do México de Fórmula 1? 

Sem duvidas a resposta é sim

O campeonato que aparentemente estava nas mãos de Nico Rosberg ainda não esta definido, qualquer piloto da Mercedes pode acabar campeão desta temporada. Hoje Lewis Hamilton diminuiu a diferença de 26 pontos para 19 e temos apenas mais duas etapas a serem disputadas e 50 pontos em jogo, não sabemos o que vai acontecer ainda no Brasil e Abu Dhabi mais com certeza as duas corridas serão eletrizantes. Além de haver um jogo psicológico entre os pilotos a estratégia também pode definir bem que vai ficar com o titulo, Nico Rosberg teria que assegurar o primeiro lugar aqui no Brasil independente da posição de Lewis Hamilton. A diferença deles é praticamente de um fio de cabelo e Lewis Hamilton não vai deixar barato para o seu companheiro de equipe, talvez ele acabe levando mais um campeonato para casa.

Para ser campeão no GP do Brasil, Rosberg precisa:

Vencer;
ou chegar em 02º e Hamilton, em 04º;
ou chegar em 03º e Hamilton, em 06º;
ou chegar em 04º e Hamilton, em 08º;
ou chegar em 05º e Hamilton, em 09º;
ou chegar em 06º e Hamilton, em 10º.

+ Preview – GP do México 2016 Rodada 19 de 21

+ Pirelli: Preview do GP do México 2016

+ PodcastF1Brasil 211 – México: Vettel bocudo, Verstappen foi mas não foi, Ricciardo promovido e muito mais

Aliás sabe quem se encaixa muito bem nessa briga entre os carros da Mercedes?

Os carros da Red Bull Racing, sim a equipe tem melhorado desde o começo do ano e agora volta a ser uma boa concorrente em pista. Com a sede dos dois pilotos que estão na busca do título, eles não podem se dar ao luxo de perder a primeira fila para os carros da Red Bull Racing, sabemos que os dois pilotos da equipe não são adversários fáceis de se ultrapassar, o que acaba gerando perda de tempo e desgaste nos pneus.

vettel-max-riccardo
Max Verstappen cruzou a linha de chegada em 3º, Vettel foi ao pódio em 3º e Riccardo quem levou o troféu para casa. (Fonte: @F1)

Ao termino do GP do México, tivemos uma surpresa, talvez algo que nunca tenha acontecido antes no pódio. Abriram uma investigação sobre a manobra que Max Verstappen fez após uma disputa de posição entre ele e o piloto Sebastian Vettel da Ferrari. O correto era o holandês devolver a posição ao alemão, pois é uma norma, mais ele acabou cortando um trecho na pista quando Sebastian Vettel estava fazendo a ultrapassagem nele.

2gif

Max Verstappen não devolveu a posição, mesmo após tendo um pedido da sua equipe pelo rádio, sabemos que o piloto não tem costume de acatar ordens dos seus superiores e em tempos atrás foi glorificado por não ceder a posição, quando o seu companheiro de equipe estava rodando mais rápido que ele, parece que isso virou lei para Max Verstappen e agora nem com essa situação ele foi capaz de acatar o pedido da equipe. Acabou sendo retirado do terceiro lugar, pois em primeiro momento a direção de prova decidiu que a atitude de Max Verstappen era incorreta e aplicaram 5 segundos ao seu tempo final fazendo ele ficar com o 5 lugar.  

Mais você acha que a historia acabou ai?

A resposta é claramente não. E a novela mexicana ainda se estendeu por algumas horas. A mesma direção de prova que adicionou 5 segundos ao tempo de Max Verstappen, adicionou 10s ao tempo de Sebastian Vettel, fazendo assim com que o piloto perdesse o terceiro lugar para Daniel Ricciardo da Red Bull Racing, e acabasse apenas com um 5 lugar. A acusação da vez era de que a telemetria do carro de Sebastian Vettel apontava a mudança de direção no ponto de frenagem e consequentemente a manobra atrapalhou na ultrapassagem de Daniel Ricciardo da Red Bull Racing.

Olhando novamente para o vídeo (e olha que eu já vi ele várias vezes), não consigo ver essa mudança na pista, os dois pilotos perderam o ponto de frenagem do carro e fizeram o possível para evitar uma colisão. Para ajudar a sustentar a tese da mudança de posição feita pelo Sebastian Vettel, ainda existe o argumento da punição que foi aplicada em Carlos Sainz Jr. da Scuderia Toro Rosso, quando disputava a posição com Fernando Alonso da McLaren-Honda logo na primeira volta da corrida.

Vamos ao meu veredito final: que vai bem contra a decisão tomada pela FIA, se queremos usar a regra da aplicação de punições que sejam equivalentes a situações que aconteceram na corrida o piloto Sebastian Vettel deveria então ter recebido uma punição de 5 segundos ao seu tempo o que seria equivalente a punição recebida por Carlos Sainz Jr. Se ainda queremos ser mais justos, Sebastian Vettel deveria ter ficado na frente de Max Versteppen e não atrás, assim a punição dele praticamente é anulada quando colocamos Sebastian Vettel atrás dele. A punição de Sebastian Vettel tem mais cara de política, já que ele falou vários palavrões direcionados ao diretor de prova Charlie Whiting e esse seria um jeito para punir o piloto não diretamente. 

Os rádios de Sebastian Vettel não são certos e essa atitude não condiz com a de um tetra campeão, porém os rádios mostram a clara insatisfação que ele vem tendo com a equipe e com o seu instrumento de trabalho, o carro não é competitivo o bastante e acaba ficando atrás dos carros da Red Bull Racing em dias de corrida, não importa o que o que eles façam com o carro durante o final de semana e nem o desenvolvimento que buscaram ter durante o ano.  

Porque não aplicaram a mesma punição para Lewis Hamilton?

A escapada do inglês na pista não dificultou a ultrapassagem de Nico Rosberg, visto que o alemão estava disputando a posição com Max Verstappen e mesmo mantendo a posição, já havia uma distancia relativamente grande para ele fazer a ultrapassagem. Por isso vejo que Lewis Hamilton não teria que devolver a posição pois a possível ultrapassagem não estava perto de acontecer. Lewis Hamilton também não teve muita vantagem para abrir sobre o Nico Rosberg, na primeira volta o carro da Manor e da Sauber acabaram batendo e o Safety Car Virtual foi ativo e logo depois o Safety Car mesmo acabou entrando na pista, aproximando os carros novamente, mesmo que o Lewsi Hamilton tivesse aberto alguma vantagem ela acabou se perdendo pelo caminho com esse ocorrido.  

Nós vemos na próxima corrida, que acontece no Brasil, vamos ver o que acontece entre os carros da Mercedes e quem tem mais chances de levar o campeonato para casa.

resultado_final
Fonte: @F1naGlobo
classificacao
Fonte: @F1
fastest-lap
Fonte: @F1
fastest-pit-stop
Fonte: @F1
10585_picture2
Fonte: @PirelliSport
10590_19-mexico-race2-1k-en
Fonte: @PirelliSport
10586_19-mexico-race1-1k-en
Fonte: @PirelliSport

vencedores

Fonte: @F1

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

shares