ColunistaDestaquesNascarPost

Ross Chastain surge na confusão e leva a vitória em Talladega

As filas de carros se desorganizaram na parte final e, enquanto toques e acidentes rolavam pelo pelotão, o piloto da Trackhouse emergiu na frente para vencer pela segunda vez no ano

Pela segunda vez no ano, Ross Chastain celebrou com a melancia da vitória (James Gilbert/Getty Images)

A primeira corrida do ano no circuito de Talladega ocorreu até de forma mais tranquila que o esperado, com a corrida transcorrendo com poucos problemas, mas isso não significou que a disputa não foi intensa. Nas voltas, finais, o nervosismo dos pilotos falou alto e as filas de carros acabou se dissipando em blocos bagunçados, o que atrapalhou os planos de alguns pilotos, mas quem estava no lugar certo e na hora certa foi Ross Chastain, que saiu vitorioso na segunda prova em superspeedway no ano.

A corrida não teve tantos incidentes em relação a outros anos, mas as confusões foram as suficientes para mexer com os rumos da prova. O acidente que teve mais carros envolvidos ocorreu na metade do segundo estágio, Joey Logano ficou encaixotado entre Erik Jones e Bubba Wallace e perdeu o controle rodando e provocando uma confusão envolvendo nove carros.

Apesar disso, a prova se desenrolou sem bandeiras amarelas na parte final e com os pilotos seguindo as estratégias de combustível dentro do esperado. Assim, a definição ficaria apenas entre os pilotos na pista mesmo.

Faltando três voltas para o final, os pilotos foram formando filas duplas e triplas para tentar assumir uma posição que permitisse o ataque final, mas com os retardatários aparecendo no caminho, as filas se dissiparam e alguns carros ficaram mais mal posicionados. Quem estava mais na fila interna, como Kyle Larson, Erik Jones e Ross Chastain, conseguiu se aproveitar e prevalecer nas primeiras posições.

Na reta oposta, Jones chegou a assumir a dianteira, e entrou na reta dos boxes com uma vantagem interessante, mas os rivais puderam se aproveitar do empurrão de quem vinha mais atrás para andar mais rápido na reta final. Jones e Larson tentaram fechar o lado de fora (o que levou o piloto da Hendrick a acertar o carro de Kurt Busch, que depois atingiu Bubba Wallace) enquanto a parte interna ficou livre para Chastain avançar e tomar a liderança.

O piloto da Trackhouse garantiu a sua segunda vitória no ano e igualou William Byron como o maior vencedor do ano, cada um com duas vitórias. Austin Dillon foi o segundo, seguido por Kyle Busch, Larson, Martin Truex Jr e Jones.

A próxima etapa da NASCAR Cup Series será no próximo domingo, na pista conhecida como a Milha Monstro, em Dover. 

Top-10 da etapa de Talladega:

1 – Ross Chastain (Trackhouse/Chevrolet)
2 – Austin Dillon (Richard Childress/Chevrolet)
3 – Kyle Busch (Joe Gibbs/Toyota)
4 – Kyle Larson (Hendrick/Chevrolet)
5 – Martin Truex Jr (Joe Gibbs/Toyota)
6 – Erik Jones (Petty GMS/Chevrolet)
7 – Chase Elliott (Hendrick/Chevrolet)
8 – Michael McDowell (Front Row/Ford)
9 – Alex Bowman (Hendrick/Chevrolet)
10 – Kevin Harvick (Stewart-Haas/Ford)

Campeonato após 10 de 26 etapas:

Classificados por vitória: William Byron e Ross Chastain (2 vitórias); Kyle Busch, Alex Bowman, Kyle Larson, Chase Briscoe, Austin Cindric e Denny Hamlin (1)

Classificação por pontos: (diferença em relação à zona de corte)

Chase Elliott +126
Ryan Blaney +105
Joey Logano +56
Martin Truex Jr +46
Aric Almirola +23
Kevin Harvick +10
Austin Dillon +3
Christopher Bell +1

Tyler Reddick -1
Erik Jones -12
Kurt Busch -25
Daniel Suarez -25

 

Mostrar mais

Eduardo Casola

Jornalista formado na Universidade de Sorocaba (Uniso) e apaixonado por esporte a motor desde quando se conhece por gente. Apenas um rapaz que gosta de uma boa corrida e de uma boa história!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados