ColunistaPostStock Car

Ricardo Maurício conquista pole para final da Stock Car

Nove dos 10 pilotos que estão disputando o título conseguiram realizar uma boa classificação. Thiago Camilo vai largar da 17ª posição

A classificação foi realizada em outro formato para garantir que todos teriam as mesmas chances. A classificação foi rápida, mas muito disputada, pois os 24 pilotos foram liberados para a pista nesta primeira fase da sessão. Eles disputaram as quinze melhores posições com o objetivo de avançar para o Q2. A cada volta os pilotos melhoravam e as posições foram se alterando.

Infelizmente o líder do campeonato, Thiago Camilo ficou apenas com a 17ª posição, o piloto que estava confiante com o resultado dos treinos livres, mas na classificação, o piloto não teve o mesmo rendimento com o carro, e desta forma Camilo vai começar a última prova com desvantagem.

Por outro lado, nove pilotos dos dez que estão disputando o título conseguiram avançar para o Q2. Vale dizer que apenas 20 pilotos têm chance de conquistar este resultado, pois Gabriel Casagrande não vai disputar a grande final, o piloto foi diagnosticado com o Covid-19.

Ricardo Maurício cravou a pole, após anotar 1m40s916, o piloto da Eurofarma disputou a ponta diretamente com Gaetano di Mauro da KTF Sports, o rival anotou 1m40s967. O piloto da KTF não está na briga pelo título, mas deve atrapalhar os outros competidores, já que vão precisar ultrapassar o piloto para desafiar Maurício.

A Stock Car retorna neste domingo ao 12h30 para a realização da décima segunda prova de 2020.

Foto de capa: Beto Corrêa 

Saiba como foi a Classificação da Stock Car

A categoria mudou as regras da classificação para a final, todos os pilotos tomaram a pista durante o Q1, para que ninguém tivesse vantagem ou desvantagem com possíveis alterações da pista. No entanto, a escolha gerou muito tráfego. Os 24 carros partiram para a atividade que tinha 10 minutos. Tuca Antoniazi foi o primeiro a ter volta cronometrada no circuito, anotando 1m45s617.

Na primeira volta os pilotos trabalharam o aquecimento dos pneus, antes de partirem para a busca da volta rápida. Diego Nunes que liderou o TL2, comandou a ponta com 1m41s914, mas pouco depois Cesar Ramos era o líder com 1m41s587, acompanhado por Ricardo Zonta com 1m41869. o tempo mostrava muito equilíbrio e as posições seguiam se alternando, pois, as voltas melhoravam a cada giro.

Nelson Piquet avançou para o Q2 com a primeira posição anotando 1m41.397, após superar Rubens Barrichello por 0s009. O balde de água fria veio, Thiago Camilo teve uma classificação muito ruim, ficando com a décima sétima posição após anotar 1m41846. O piloto da Ipiranga tinha conquistado o segundo lugar no TL2, mas lidou com a mudança da pista e o equilíbrio do carro mudou bastante durante o Q1.

Os pilotos que avançaram para o Q2 eram: Piquet Jr, Barrichello, Zonta, Osman, Khodair, Salas, Di Mauro, Ramos, Lapenna, Navarro, Gomes, Nunes, Baptista, Serra e Maurício.

Foto: reprodução Q1

Q2

Troféu do pole – Foto: Beto Corrêa

Para o Q2 quinze pilotos entraram na pista para disputar a pole e as melhores posições do grid. Nesta segunda faze os pilotos tiveram 8 minutos, Ricardo Maurício superou o tempo de outros pilotos e conseguiu a primeira posição com 1m41s247. Mas só quando o cronômetro zerou tivemos a definição do grid, pois as posições ainda se alternavam.

Ricardo Maurício cravou a pole com 1m40s916, acompanhado por Gaetano Di Mauro que conseguiu a segunda posição com 1m40s967. Cesar Ramos que também está disputando o título ficou com a terceira posição.

A classificação se mostrou bem disputada, apenas os líderes registraram os seus tempos na casa de 1m40. O restante ficou na casa de 1m41s. Apenas Bruno Baptista não aferiu tempo no Q2.

Foto: reprodução
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo