ColunistaFórmula EPost

Preview ePrix de Roma – Rodada dupla marca o retorno da Fórmula E

Após uma pausa no calendário, categoria vai para a Itália, dando sequência a disputa da 8ª temporada

A Fórmula E vai retomar o campeonato com a realização da 4ª e 5ª etapa em Roma, portanto a categoria elétrica disputará duas provas mais uma vez na Itália. As provas serão disputadas nos dias 9 e 10 de abril, com duas classificações ocorrendo para definir o grid das etapas.

O Circuito Cittadino dell’EUR conta com 19 curvas e 3,385 km, prova que é disputada no sentido anti-horário. Para o recebimento da Fórmula E no último ano, o traçado de Roma foi reformulado, onde novas curvas foram adicionadas, para auxiliar os pilotos com a parte de recuperação de energia. As alterações foram mantidas para a disputa da prova na 8ª temporada.

Modificado na temporada passada, o traçado de Roma fornece boas chances de ultrapassagem – Foto: reprodução Fórmula E

O traçado fornece muita oportunidade para ultrapassagens, desta forma se torna uma pista favorita dos times.

Após as etapas na Arábia Saudita e México, Edoardo Morta da equipe Venturi, chega em Roma na liderança do campeonato, pois o desempenho durante a primeira rodada do ano surpreendeu. Entretanto, é apenas o início do campeonato, Nyck de Vries aparece na segunda posição com 38 pontos, após não ver um grande desempenho da Mercedes durante o segundo evento da temporada. Pascal Wehrlein é o terceiro colocado com 30 pontos, deixando o México com um excelente resultado: pole e vitória.

Depois de uma pausa de mais de 50 dias, os times que ainda não pontuaram esperam que os estudos realizados e tempo no simulador ajude a melhorar a sua performance. NIO 333 e a Dragon estão em busca dos seus primeiros pontos na temporada.

Como a prova será disputada em Roma, Antonio Giovinazzi vai aproveitar para correr diante da sua torcida. O fã clube do piloto se organizou para acompanhar a etapa e dar suporte ao estreante na categoria elétrica. Obviamente existe uma pressão para Giovinazzi tenha um desempenho melhor, principalmente por conta das atividades que desempenhou neste tempo de pausa da categoria.

No último ano, Jean-Éric Vergne venceu a prova disputada no sábado, enquanto Stoffel Vandoorne obteve a vitória na corrida realizada no domingo. O novo formato de classificação garante a imprevisibilidade. O melhor resultado será obtido por aquela equipe que encontrar o acerto ideal do carro rapidamente e aproveitar o restante do treino livre para preparar o seu carro para o ePrix.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados